Notícia

IPNews

Cisco e IBM se unem para criar a próxima geração do ambiente de trabalho

Publicado em 01 julho 2016

Plataforma Watson de computação cognitiva e as ferramentas de colaboração da Cisco serão integradas em uma plataforma que vai cruzar dados estruturados e não estruturados, para acelerar a produtividade empresarial.

 

A IBM e a Cisco anunciaram uma aliança para transformar a troca de conhecimento e a colaboração entre profissionais nos ambientes empresariais. Será criado um conjunto de ferramentas baseado em cloud computing e aplicações do IBM Watson.

 

FAPESP e IBM financiam pesquisa em computação cognitiva no Brasil

 

Como parte da transformação, as plataformas de colabora Cisco WebEx e Spark serão integradas às principais soluções de nuvem de colaboração da IBM, incluindo Verse e Connections e apoiadas por recursos de computação cognitiva da IBM.

 

As empresas pretendem tornar a colaboração mais simples através da combinação de análise avançadas do IBM Watson, e-mail e mídias sociais com as soluções de colaboração da Cisco, incluindo ofertas de mensagens de negócios, reuniões e chamandas.

 

As duas empresas vão desenvolver soluções conjuntas que tiram proveito de todos os tipos de dados para ajudar as pessoas a fazer mais, em menos tempo. Isto será alcançado através da prestação de informações certas e adequadas ao contexto – composto por meio das ferramentas, aplicativos, documentos ou ações necessárias em qualquer momento com base no papel de cada funcionário individual, padrões de trabalho históricos e atribuições de trabalho atuais.

 

A expectativa é que, com o Watson alimentando uma solução conjunta IBM-Cisco, apoiada por um ecossistema de parceiros robusta, novas classes de soluções surgirão. Por exemplo, um consultor financeiro poderia encontrar-se com um investidor de alto valor utilizando a plataforma de vídeo Cisco, oferecendo serviços de aconselhamento através de uma solução baseada no Watson, e lidar com tarefas em tempo real, enquanto os arquivos seriam armazenados de forma segura e disponível no IBM Connections, compartilhados através WebEx para efetivar a transação.

 

A IBM e a Cisco também querem contribuir para aumentar a produtividade no ambiente de trabalho. Segundo as empresas, hoje o trabalhador médio se distrai uma vez a cada 11 minutos e precisa de uma média de 25 minutos para se focar nos objetivos.

 

A compensação a essa disperção viria com um trabalho mais rápido (mas não necessariamente de forma mais eficaz), o que aumenta o estresse, eleva os níveis frustração e  pressão corporativa.

 

Ao integrar ferramentas de colaboração e computação cognitiva, IBM e Cisco planejam criar um ambiente de trabalho mais inspirador, produtivo e orientado a dados.

 

“A ironia das várias ferramentas de força de trabalho disponíveis hoje é que, diante de tantas opções, eles podem reduzir a eficiência dos funcionários”, diz Inhi Cho, gerente geral da IBM Collaboration Solutions. “Com as nossas forças tecnológicas combinadas e compreensão de como as equipes começam o trabalho, IBM e Cisco podem entregar a próxima geração de ferramentas de colaboração necessárias para cultivar a inovação e impulsionar a produtividade.”

 

“Na Cisco, inovamos constantemente para melhorar a experiência de colaboração e nunca houve um melhor momento para levar nossas ofertas para o próximo nível”, afirma Jens Meggers, Vice-Presidente Sênior e Gerente Geral, Tecnologia Cisco Collaboration Cloud.  As novas soluções vão integrar dados estruturados e não estruturados. Com aplicações para lidar com centenas de tarefas relacionadas com o trabalho, eles serão construídos para buscar, consumir e analisar todos os tipos de dados, descobrir padrões de fluxo de trabalho e fornecer insights através do curso de atividades diárias e interações.