Notícia

Folha da Região (Araçatuba, SP)

Cientistas paulistas ampliam estudos com foco na covid-19

Publicado em 26 abril 2020

Por Contexto Paulista

Mais de 140 pesquisadores de quatro universidades do Estado de São Paulo- Unesp, USP, Unicamp e Unifesp ampliaram o escopo de projetos apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) para incluir estudos direcionados à covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (SARSCoV-2). A lista com os nomes dos pesquisadores e dos projetos está disponível no site da Fapesp. Até o dia 20 de abril, 16 desses pesquisadores já tinham aprovadas as solicitações de suplementação de recursos para as pesquisas.

Força-tarefa nos câmpus

A força-tarefa da USP envolve mais de 80 pesquisadores. Os projetos de pesquisa se concentram no Instituto de Ciências Biomédicas, Instituto de Biociências, faculdades de Medicina de São Paulo e de Ribeirão Preto e Hospital das Clínicas em São Paulo, além de contribuições de outras 22 faculdades e institutos de pesquisa. As ações envolvem análises computacionais de alto desempenho, insumos para a fabricação de equipamentos de proteção individual (EPIs) e intercâmbio de equipamentos de pesquisa. Na Unifesp, as investigações envolvem 25 pesquisadores, a maioria da Escola Paulista de Medicina.