Notícia

UOL

Cientistas descobrem mecanismo genético que provoca a calvície

Publicado em 26 maio 2009

Pesquisadores japoneses descobriram um mecanismo genético que provoca a queda de pelos em camundongos e sugere que o mesmo processo seja responsável pela queda de cabelo em humanos.

Normalmente, os cabelos passam por ciclos que envolvem as fases de crescimento, repouso e queda. A regeneração dos folículos pilosos acontece periodicamente, por meio da diferenciação de células-tronco.

O pesquisador Yumiko Saga, do Instituto Nacional de Genética, do Japão, e seus colegas observaram que camundongos sem o gene sox21 apresentam perda progressiva de pelos da cabeça à cauda, de forma permanente.

O gene ajudaria a regular a síntese de queratina, a proteína fibrosa comum na epiderme e principal constituinte do cabelo, unhas e pelos. Os camundongos geneticamente modificados para não ter o sox21 apresentaram menos proteínas em comparação com animais com níveis normais do gene.

Os camundongos geneticamente modificados também apresentaram maiores glândulas sebáceas em torno do folículo piloso e uma camada mais grossa de células epiteliais durante o período de queda dos pelos.

Ao examinar amostras de pele humana, eles confirmaram a elevada expressão do gene na camada mais externa dos fios. Para os pesquisadores, isso seria um indicador de que o sox21 poderia ser responsável pela perda de cabelo em humanos, mas destacam que novos estudos são necessários para comprovar essa relação.

O estudo será publicado esta semana no site e em breve na edição impressa da revista "Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS)".

*Com informações da Agência Fapesp