Notícia

Estadão do Norte (RO) online

Cientistas descobrem gene que imuniza contra Aids

Publicado em 06 maio 2010

O diferencial que torna um grupo pequeno de pessoas imune ao HIV, o vírus causador da Aids, é o mesmo que coloca esses privilegiados sob o risco de desenvolver uma doença autoimune, quando o sistema de defesa do organismo passa a destruir o que deveria preservar. Cientistas mostraram já nos anos 90 que boa parte das pessoas imunes ao HIV - 1 em cada 200 infectados - tinha um diferencial: o gene HLA B57.

Pesquisa na revista científica Nature desta quinta-feira (6) detalha a função desse gene. Pessoas com o HLA B57 têm um número maior de linfócitos T, glóbulos brancos anti-infecções. Com mais zagueiros, mais atacantes (pedaços do HIV) sofrem marcação cerrada, até mesmo os dribladores, aqueles que normalmente escapariam da retranca porque são mutantes. O grupo de cientistas é coordenado por Arup Chakraborty, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, e Bruce Walker, do Instituto Médico Howard Hughes.

A descoberta poderá ajudar pesquisadores a desenvolver vacinas que provoquem a mesma resposta ao HIV que ocorre naqueles que têm o gene HLA B57, explica Walker. O desafio é evitar o efeito colateral, o risco de trocar um problema (a Aids), por outro (doenças autoimunes). O HIV está se revelando lentamente. Essa descoberta representa outro ponto em nosso favor na luta contra o vírus, mas ainda temos um caminho muito longo pela frente.

Fonte: G1 e Fapesp