Notícia

USP - Universidade de São Paulo

Ciência Web usa internet para popularizar conhecimentos científicos

Publicado em 19 agosto 2010

Por Luiza Caires

Seja utilizando-se de laboratórios e equipamentos sofisticados, ou de amontoados de livros indecifráveis para a maioria dos mortais, no fim das contas, a ciência é feita para as pessoas - e quanto mais delas puderem se beneficiar dos avanços, melhor. Faz então, todo sentido que as pessoas comuns saibam também como ela funciona, e o que se anda estudando nos inúmeros centros de pesquisa.

Esse é só um dos motivos da importância de projetos como a Agência Multimídia de Difusão Científica e Educacional (Ciência Web), ligada ao Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP em São Carlos, que procura aproximar a ciência do cotidiano de todos.

Criada em 2007 a partir de um projeto coordenado pela professora Yvonne Primerano Mascarenhas, inicialmente o trabalho da Ciência Web se concentrava no incentivo e na orientação de professores para o uso de recursos audiovisuais no ensino de ciências. Atualmente, a iniciativa se expandiu, e além da TV Ciência Web e do Mural da Escola, produzidos em colaboração com escolas públicas da região de São Carlos, inclui uma Agência de Notícias.

De caráter mais profissional, a Agência foi criada para abastecer os veículos de mídia do interior do estado com pautas e informações sobre as pesquisas desenvolvidas nas principais universidades da região: USP e UFSCar.

Para Valda Rocha, diretora editorial da Ciência Web, a prática da difusão científica é muito incipiente no Brasil, quando comparada à de outros países. No interior, ainda mais: "o espaço que jornais, TVs e rádios regionais dão ao tema é bem restrito. O que buscamos é justamente ampliá-lo, fazendo com que a ciência seja entendida pelas pessoas como algo próximo de suas vidas", explica a jornalista.

Atualmente, segundo Valda, a Agência de Notícias procura entrar em uma nova fase, com um formato mais elaborado, melhoria nos processos de edição e checagem e maior qualidade dos vídeos disponíveis no site.

Novas ferramentas

Professora titular do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP, Yvonne Mascarenhas é especialista em física da matéria condensada, mas também tem se dedicado à comunicação e à educação científica, fazendo uso das novas ferramentas multimídia disponíveis.

As ações coordenadas pela professora no projeto têm colaborado no ensino informal de ciência, tecnologia e inovação nas escolas públicas participantes, com um olhar ainda para a promoção da inclusão social e a socialização de conhecimentos.

A TV Ciência Web integra bolsistas de pré-iniciação (do ensino médio) e iniciação científica (dos cursos de Licenciatura em Ciências Exatas; Imagem e Som; e Jornalismo) na confecção de programas. Entre eles, o "De cara com as Feras" permite que os alunos das escolas entrevistem pesquisadores, levando dúvidas comuns e próprias de sua idade sobre os temas científicos. "Eureka", por sua vez, traz vídeos e animações didáticas sobre experiências de física, química e biologia.

O Mural da Escola, mais um produto da Ciência Web, é um repositório de material didático digital produzido por professores e alunos de escolas estaduais de ensino médio em São Carlos: apostilas, apresentações, textos de apoio, links interessantes, imagens e outros conteúdos digitais que podem ser usados para fins educacionais.

Além dos projetos em multimídia, a Ciência Web tem buscado intensificar a reflexão sobre a divulgação e o ensino de ciências, como foi feito esta semana no primeiro seminário do projeto, que trouxe palestras, mesas-redondas e workshops direcionados, com a participação de jornalistas, editores, professores e pesquisadores.

A Ciência Web é mantida pelo IEA de São Carlos por meio de convênios com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).