Notícia

TV Assembleia - Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi)

Ciência brasileira volta a mostrar importância na luta contra o coronavírus

Publicado em 08 abril 2020

Castigada por cortes orçamentários e críticas do próprio governo, a comunidade científica brasileira mostra seu valor desenvolvendo pesquisas de ponta e soluções inovadoras para suprir a falta de insumos hospitalares no combate ao novo coronavírus.

Esse compromisso inclui desde o grupo que sequenciou o genoma do vírus em apenas 48 horas após o primeiro caso detectado em São Paulo até as equipes que trabalham no desenvolvimento de uma vacina e de um novo "ventilador pulmonar de emergência" , passando por epidemiologistas que estudam a propagação da Covid-19.

"A comunidade científica brasileira está oferecendo uma contribuição muito importante, apesar de ter sido pouco financiada com recursos federais, principalmente nos últimos seis anos", disse à AFP Carlos Brito, diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Desde que Jair Bolsonaro chegou ao poder, em janeiro de 2019, as universidades públicas têm sido alvo de críticas do governo e dos seus seguidores, que as acusam de promover ideias de esquerda.

Frente ao coronavírus, Bolsonaro questionou as medidas de isolamento social indicadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e adotadas por quase todos os países, enfrentando até mesmo o seu próprio ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que insiste em que seu único credo neste combate é " ciência".

O presidente recebeu o apoio de grupos empresariais e líderes de igrejas neopentecostais, como o influente fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, que chamou o vírus de "tática de Satanás" para assustar as pessoas.

Sem se deixar intimidar por esses ataques, as universidades continuam trabalhando, com a perspectiva de que até o fim do mês a pandemia alcance o pico no país, com 210 milhões de habitantes.

Até a tarde desta terça-feira, a COVID-19 havia deixado 667 mortos e 13.717 casos confirmados no Brasil.

Além das atividades de pesquisa, os acadêmicos prestam um serviço fundamental por meio de hospitais universitários vinculados à rede pública de saúde, que "serão essenciais para o atendimento de pacientes que contraem a doença COVID-19", disse à AFP a reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Denise Carvalho.

Grupos de estudantes e professores também estão produzindo suprimentos que, no auge da pandemia na Europa e nos Estados Unidos, são escassos no mercado brasileiro e podem ser vitais, como respiradores mecânicos, álcool em gel e equipamentos de proteção para o pessoal de saúde.

Respirador de baixo custo

É o caso do professor Jurandir Nadal, chefe do Laboratório de Engenharia Pulmonar e Cardiovascular (LEP), do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe), da UFRJ, que está desenvolvendo um respirador de baixo custo.

Juntamente com professores e estudantes de nível avançado de vários ramos da engenharia e da medicina, eles desenvolveram um protótipo que, produzido em larga escala, poderia servir como "um ventilador pulmonar de emergência quando não houver um ventilador hospitalar convencional", disse Nadal à AFP.

Menos sofisticado que os convencionais, o dispositivo custará cerca de R$ 5.000 (US$ 1.000), dez vezes menos que o respirador industrial médio, acrescenta.

O projeto, que obteve financiamento da Agência de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), espera fabricar inicialmente até mil dispositivos com o apoio de empresas públicas e privadas.

Segundo o Ministério da Saúde, que anunciou a compra de 15.000 respiradores do exterior por US$ 13.000 cada, o Brasil possui atualmente 65.000 dispositivos de ventilação mecânica.

Os cortes no orçamento que ocorreram na área de Educação e Ciência nos últimos anos tornaram mais difícil manter jovens pesquisadores diante das ofertas de instituições estrangeiras, explica Nadal.

Investir em ciência e pesquisa

Agências federais e estaduais lançam chamadas públicas para financiar pesquisas sobre o novo coronavírus. Mas Brito alerta que o poder de um país em termos de pesquisa é um processo que funciona a longo prazo.

A ampla experiência que o Brasil construiu em áreas como a virologia é um dos seus pontos fortes, ressalta o especialista.

"A capacidade científica de contribuir quando uma emergência como essa aparece não é algo que é construído em uma semana. É algo que você tem se tiver sido construído nos últimos 40 anos", destaca.

Por esse motivo, atualmente a comunidade científica vê uma oportunidade fundamental para reconquistar o seu valor.

"As universidades são o orgulho do Brasil e precisam ser vistas dessa maneira. Neste momento, podemos mostrar nosso valor, mostrar que o financiamento público é essencial", afirma a reitora da UFRJ.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Estado de Minas online Correio Braziliense online IstoÉ online BOL IstoÉ Dinheiro online UOL Yahoo! AFP - Agence France-Presse (França) AFP - Agence France-Presse (França) La Razón (Espanha) online Le Journal de Montréal (Canadá) online MSN Folha de Pernambuco online France 24 (França) MSN (Canadá) Finanças Yahoo! Correio Popular (Campinas, SP) online Yahoo! (EUA) Le Journal de Québec (Canadá) online MSN (Canadá) Yahoo Finance (EUA) Bob vous dit toute la vérité TNCorrientes (Argentina) Repórter Hoje RFI - Rádio França Internacional (Brasil) The World News (Ucrânia) TimePost (França) World News SWI swissinfo.ch (Suíça) DePeru.com Central das Notícias Blog da Tereza Lima Blog do Pádua Cruzeiro do Sul online El Territorio (Argentina) online RBD Noticias (Argentina) TSN Necochea (Argentina) Infobae América (Argentina) La Banda Diario (Argentina) TuMedio.news (Argentina) Elonce (Argentina) Cadena de Radios (Argentina) 100% Noticias (Nicarágua) Noticias Ecuador (Equador) Impacto Corrientes (Argentina) Central das Notícias Tecnologia, Sustentabilidade e Verdades Ocultas A Crítica (AM) online Estação104 Tudo Ok Notícias Cuestión Entrerriana (Argentina) ABC (Paraguai) online Cuba en Resumen (Cuba) La 1ère (França) InformeCorrientes.com (Argentina) Cawtv (Nicarágua) La Razón (Espanha) online 24matins.es (Espanha) La Tribuna (Honduras) Radiocanal (Argentina) Papo de Peso APFMercosur (Argentina) Diario del Huila (Colômbia) online Rosario3.com (Argentina) Audio - Grupo Radial Centro (Argentina) The World News (Ucrânia/Argentina) Periódico Lea (Argentina) online Todo Diarios de Argentina Análisis (Argentina) online Gazeta de Piracicaba online Norte Corrientes (Argentina) online El Comercial (EUA) Compactonea.com.ar (Argentina) Cfin Noticias (Argentina) Apunto con Juan Carlos Fernández (Venezuela) EN24 News Noticias del Interior - Carlos Rosznercki (Argentina) Info Aguilares (Argentina) Irigoyen Informa {Argentina} Archyworldys FM 99.7 Ruta Sanagasta (Argentina) Rádio Angelica FM 99.7 (Argentina) Nota22.com (Argentina) News Locker MSN (Argentina) Compacto Politico (Argentina) Misiones al Instante (Argentina) MSN (Argentina) MSN (Colômbia) MSN (Colômbia) Jornal de Brasília