Notícia

Portal Fator Brasil

Ciclo Biota-Fapesp Educação 2014 trata da biodiversidade e mudanças climáticas

Publicado em 21 maio 2014

Efeitos do aquecimento global sobre espécies e impactos do clima na biodiversidade e na agricultura são temas de conferências na Fapesp.

 

O Programa de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Recuperação e Uso Sustentável da Biodiversidade do Estado de São Paulo (Biota-Fapesp) realiza em 22 de maio (quinta-feira), das 14h às 17h, três palestras sobre Biodiversidade e Mudanças Climáticas. O encontro é parte da programação do Ciclo de Conferências 2014 do Biota-Fapesp Educação, voltado a debater sobre serviços ecossistêmicos. O evento é gratuito e podem participar estudantes, alunos e professores do ensino médio, alunos de graduação e pesquisadores.

 

Os ecossistemas geram naturalmente benefícios para os seres humanos, tanto na forma de produtos ? como alimentos e substâncias medicinais ? como na forma de processos envolvidos na fertilização do solo, controle do clima, polinização e muitos outros. Esses benefícios são chamados serviços ecossistêmicos ou ambientais.

 

Os palestrantes do encontro serão Eduardo Assad, do Centro Nacional de Pesquisa Tecnológica em Informática para a Agricultura (CNPTIA/Embrapa), que falará sobre o impacto potencial das mudanças climáticas na agricultura; Leonardo Meirelles, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (campus USP Leste), com o tema modelagem do impacto das mudanças climáticas na biodiversidade; e Alexandre Colombo, consultor em ecologia, que abordará o tema efeitos potenciais do aquecimento global na distribuição de espécies da Mata Atlântica.

 

Ao fim de cada conferência haverá espaço para perguntas da plateia.

 

Biodiversidade e mudanças climáticas -O aquecimento global provocado por atividades humanas é hoje uma causa adicional da aceleração do crescimento das taxas de extinção de espécies no planeta. Outros motivos da perda da biodiversidade são mudanças no uso da terra, desflorestamento, fragmentação e destruição de hábitats, introdução de espécies exóticas invasoras e a poluição de ambientes aquáticos.

 

Para mitigar as mudanças no clima é necessário limitar o aumento da concentração de gases de efeito estufa na atmosfera, por meio da redução de emissões e pelo aumento da capacidade de reabsorvê-las. O funcionamento dos ecossistemas tem um papel fundamental no sequestro e na manutenção de reservatórios estáveis de carbono da atmosfera, além de outros elementos químicos que constituem os gases geradores de efeito estufa.

 

O Biota-Fapesp Educação é uma divisão do Programa Biota-Fapesp voltada para melhoria do ensino da ciência da biodiversidade. Seu primeiro ciclo de conferências, em 2013, tratou da biodiversidade dos diversos biomas brasileiros. O Ciclo de Conferência 2014 aborda o tema serviços ecossistêmicos. As palestras transmitem, em linguagem acessível, o conhecimento sobre biodiversidade gerado pelo Biota-Fapesp.

 

Em 14 anos de pesquisa, o Programa Biota-Fapesp produziu um banco de dados com mais de 102 mil registros de quase 12 mil espécies. Pesquisadores ligados a mais de 100 projetos formaram 205 doutores, publicaram 1.050 artigos científicos em 260 revistas científicas, 20 livros, dois atlas e mapas temáticos para orientação de políticas públicas. Esse conjunto de informações subsidiou a criação de 23 instrumentos legais (leis, decretos e resoluções) voltados à conservação ambiental no Estado de São Paulo.

 

. [Ciclo de Conferências Biota-Fapesp Educação 2014, dia 22 de maio (quinta-feira), das 14h às 17h, no Auditório da Fapesp; Rua Pio XI, 1500, Alto da Lapa, São Paulo. Biodiversidade e Mudanças Climáticas: Programação: www.fapesp.br/eventos/biota_bioemudancasclimaticas |.Inscrições: www.fapesp.br/eventos/biota_bioemudancasclimaticas/inscricao].