Notícia

O Estado de S. Paulo

China busca substituir imitação por inovação

Publicado em 09 janeiro 2011

Por Steve Lohr, do International Heral Tribune
Como estratégia nacional, a China tenta construir uma economia que se baseie mais na inovação do que na imitação. Seus líderes claramente reconhecem que ser a oficina de baixo custo do mundo para montar os produtos inovadores projetados em outros locais - pense em iPads e numa série de artigos de alta tecnologia - tem seus limites. Será que a China conseguirá se tornar uma inventora prodigiosa? A resposta, na verdade, se desenrolará durante décadas - e percorrerá um longo caminho para determinar não só o futuro da China, mas [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.