Notícia

Plantão News (MT)

Chamada recebe projetos de desenvolvimento científico e tecnológico

Publicado em 09 fevereiro 2021

No âmbito do Programa Nacional de Apoio aos Ambientes Inovadores, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) estão com inscrições abertas até 26 de fevereiro de 2021 para a chamada “Recursos humanos em áreas estratégicas, pesquisador na empresa incubada”.

A chamada tem apoio da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

O objetivo é apoiar projetos que buscam contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação no Brasil, por meio da inserção de pesquisadores em microempresas e empresas de pequeno porte vinculadas às incubadoras em operação no país.

Os projetos deverão apresentar aderência a, no mínimo, uma das Áreas de Tecnologias Prioritárias do MCTIC: “Tecnologias Estratégicas”, “Tecnologias Habilitadoras”, “Tecnologias de Produção”, “Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável” e “Tecnologias para Qualidade de Vida”.

São também considerados prioritários projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação das áreas do setor de saúde relacionados a soluções tecnológicas envolvendo a pandemia do novo coronavírus. Além disso, serão aceitos projetos de pesquisa básica, humanidades e ciências sociais que contribuam, em algum grau, para o desenvolvimento das áreas de tecnologias prioritárias do MCTI.

As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor total de R$ 5 milhões. Outros recursos decorrentes de parcerias futuras poderão ser aplicados na suplementação de propostas aprovadas.

As propostas deverão ser encaminhadas ao CNPq pelo Formulário de Propostas on-line disponível na Plataforma Integrada Carlos Chagas. No formulário, deverão ser preenchidos a identificação da proposta, dados do candidato, instituições participantes, áreas do conhecimento predominante e do conhecimento correlatos.

Fapesp