Notícia

Quimiweb

Chamada internacional visa apoiar pesquisas sobre os impactos das colonialidades

Publicado em 20 agosto 2021

Agência FAPESP – O Maria Sibylla Merian Centre Conviviality-Inequality in Latin America (Mecila) – um dos cinco centros internacionais de estudos avançados em ciências humanas e sociais financiados pelo Ministério Federal Alemão de Educação e Pesquisa (BMBF) em cooperação com instituições e agências de financiamento locais – está com inscrições abertas até 30 de agosto de 2021 para a chamada 2022 Thematic Research Groups: Colonialities.

O edital concederá bolsas para grupos de pesquisa voltados ao estudo dos impactos das colonialidades em configurações passadas ou presentes e regimes de convívio-desigualdade.

A “colonialidade” é um conceito que foi introduzido pelo sociólogo peruano Anibal Quijano, no final dos anos 1980 e início dos anos 1990. Colonialidade pode ser compreendida como um fenômeno histórico e cultural que tem sua origem no colonialismo, mas que se mantém após a experiência colonial. Enquanto o termo colonialismo tem seu entendimento limitado ao período específico da colonização, a colonialidade se refere ao vínculo entre o passado e o presente, no qual emerge um padrão de poder resultante da experiência moderna colonial.

Serão concedidas bolsas para pesquisadores situados em instituições em pelo menos dois países diferentes, para realizarem estudos na área durante o período entre 1º de março e 31 de agosto de 2022, no centro Mecila. Os pesquisadores formarão um grupo de quatro membros, sendo dois pesquisadores juniores e dois seniores.

Os candidatos devem enviar para o e-mail mecila@cebrap.org.br os seguintes documentos em inglês, espanhol ou português como um único anexo em PDF: carta de interesse, projeto de pesquisa, plano de trabalho detalhando como o projeto proposto será realizado e currículo contendo listas de publicações de todos os membros do grupo.

O principal critério de seleção é o potencial do grupo de pesquisa de produzir resultados originais e excelentes por meio da colaboração com o Mecila. As decisões finais serão tomadas pelo Conselho Executivo do centro, em estreita consulta com o seu Conselho Consultivo e Comitê de Ética. Os resultados serão divulgados em 30 de novembro de 2021.

Mais informações: https://bit.ly/3xGgSjb.

Fonte: Agência FAPESP