Notícia

Planeta Universitário

Centro Internacional de Biociência Agrícola inaugura filial na Unesp

Publicado em 25 abril 2011


O Centro Internacional de Biociência Agrícola (CABI, na sigla em inglês) inaugurou seu primeiro escritório para a América do Sul no campus de Botucatu da Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho (Unesp), na sede da Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (Fepaf), na Fazenda Experimental Lageado.Uma organização internacional sem fins lucrativos, voltada para publicações e projetos de pesquisa nas áreas de agricultura e meio ambiente, o CABI reúne um grupo internacional de mais de 400 cientistas que buscam enfrentar alguns dos principais problemas agrícolas e ambientais da atualidade.

Dentre seus serviços está o CAB Abstracts, considerado um dos principais bancos de dados do mundo referente à agricultura e meio ambiente, e Global Healt, base de dados bibliográfica sobre informações de saúde pública. Há ainda publicações que abordam temas como ciências veterinárias, ciências ambientais, saúde humana, alimentação e nutrição, lazer e turismo, microbiologia e parasitologia.

Os projetos de pesquisa e desenvolvimento em que o CABI atua incluem diagnóstico e controle de pragas e doenças vegetais, inserção de pequenos agricultores no mercado global, redução da propagação e do impacto de ervas daninhas invasoras e gestão de conhecimento em agricultura e meio ambiente.

O CABI também gerencia uma das maiores coleções mundiais de recursos genéticos de culturas do fungo, realiza identificações microbiológicas, fornece culturas para venda e presta consultoria.

Entre os projetos realizados pelo Centro está o Plantwise, iniciativa que busca melhorar a segurança alimentar e as vidas das populações rurais pobres, através da redução das perdas nas colheitas.

Com o escritório em Botucatu, o CABI passa a contar com 11 centros internacionais.

Mais informações: www.cabi.org

Agência FAPESP