Notícia

Gazeta de Interlagos online

Centro farmacêutico é o primeiro empreendimento do Parque Tecnológico do Estado

Publicado em 07 maio 2017

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta quinta-feira, 20, a instalação da primeira empresa do Parque Tecnológico da Capital. O centro da Libbs foi idealizado para promover conexões no setor da saúde, além de centros de pesquisas; nanotecnologia; novos fármacos; tecnologia da informação e usabilidade e comunicabilidade para pessoas com deficiência, integrando, em um único lugar, o setor público a empresas privadas e estimulando o surgimento, desenvolvimento e competitividade de organizações voltadas à inovação.

A Libbs, indústria farmacêutica 100% nacional, investirá até R$ 100 milhões para a construção do seu Centro Tecnológico. Quando pronto, ele unificará as operações das áreas de negócios, administrativa, jurídica, regulatório, patentes e pesquisa clínica com a de desenvolvimento galênico e de fármacos. O endereço foi definido estrategicamente pela proximidade à Universidade de São Paulo (U SP) e a centros de pesquisas.

O governador Geraldo Alckmin destacou a importância do novo centro. “Esse tipo de iniciativa vem ao encontro da vocação de São Paulo, que, através da Fapesp, das universidades e dos parques tecnológicos, está na vanguarda da inovação. Essas ações agregam valor, geram emprego, fazem a economia girar e são, além de tudo, uma demonstração de confiança também no futuro de São Paulo e do país”, afirmou Alckmin.

O empreendimento conta com apoio da Investe São Paulo, a agência de promoção de investimentos e exportações ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo.