Notícia

São Paulo para Crianças

Centro de Pesquisa busca auxiliar na elaboração de políticas públicas relacionadas à primeira infância

Publicado em 18 fevereiro 2021

A primeira infância é uma das fases mais importantes na vida das crianças. Com o intuito de entender mais sobre este processo de desenvolvimento dos pequenos, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Núcleo Ciência Pela Infância (NCPI) lançaram o Centro Brasileiro De Pesquisa Aplicada à Primeira Infância (CPAPI).

Com sede no Insper, em SP, o Centro de Pesquisa reúne profissionais para promover o desenvolvimento sadio e pleno das crianças de 0 a 6 anos, através de pesquisa científica, a fim de auxiliar na formulação de políticas públicas sobre o tema.

De acordo com o CPAPI, os primeiros anos de vida de uma criança são marcados pela aquisição e domínio de habilidades em diferentes áreas: motora, afetiva, cognitiva e linguagem social. São essas habilidades que preparam os pequenos para o aprendizado, em um processo contínuo que envolve fatores biológicos, psicológicos e sociais.

Diante desse contexto, uma das primeiras ações do Centro de Pesquisa será aprimorar os programas de visitação domiciliar no Brasil, através da coleta de dados sobre o desenvolvimento infantil. As informações serão armazenadas em uma plataforma digital capaz de traçar um panorama, que permite avaliar intervenções para a melhoria de políticas públicas relacionadas à infância.

Além disso, o CPAPI também pretende fornecer essas tecnologias para gestores públicos, que serão incentivados a utilizar os resultados da pesquisa na elaboração de programas sobre a primeira infância. Outra meta do centro de pesquisa será capacitar profissionais nas áreas de saúde, educação e assistência social.

Organização

O centro de pesquisa é um iniciativa do NCPI, que é formado pelas organizações: Center on the Developing Child da Universidade Harvard, David Rockefeller Center for Latin American Studies, Faculdade de Medicina da USP, Fundações Bernard van Leer e Maria Cecilia Souto Vidigal, Insper e Porticus América Latina.

Diretor

Naercio Menezes Filho (Cátedra Ruth Cardoso – Insper e FEA-USP)

Pesquisadores principais

Anna Maria Chiesa (EE-USP)

Daniel Domingues dos Santos (FEARP-USP)

Helena Brentani (FM-USP)

Maria Beatriz Martins Linhares (FMRP-USP)

Naercio Menezes Filho (Cátedra Ruth Cardoso-Insper e FEA-USP)

Rogerio Lerner (IP-USP)

Pesquisadores associados

Alicia Matijasevich Manitto (UFPel e FM-USP)

Antonio Jose Ledo Alvez da Cunha (UFRJ)

Charles Kirschbaum (Insper)

Ciro Biderman (FGV)

Darci Neves (UFBA)

Débora Falleiros de Mello (EERP-USP)

Eurípedes Constantino Miguel Filho (FM-USP)

Fernando Mazzilli Louzada (UFPR)

Guilherme Polanczyk (FM-USP)

Joana Simões de Melo Costa (IPEA)

Luiz Guilherme Dácar da Silva Scorzafave (FEARP-USP)

Ricardo Paes de Barros (Cátedra Instituto Ayrton Senna-Insper)

Apoio logístico

Ana Leme (NCPI)

Bruno Kawaoka Komatsu (Cátedra Ruth Cardoso-Insper)