Notícia

São Carlos em Rede

Cedin disputa o prêmio Mercocidades Destaque

Publicado em 08 setembro 2011

por Redação

O Centro de Desenvolvimento das Indústrias Nascentes (Cedin) de São Carlos está inscrito na edição 2011 do Prêmio Mercocidades de Ciência e Tecnologia. No total são 28 projetos envolvendo instituições do Brasil e de países do Mercosul. O resultado final sairá no mês de outubro e será divulgado na Mostra de Ciência e Tecnologia em Políticas Públicas, que será realizada em São Carlos. Além do Cedin, a cidade tem outros dois projetos inscritos, sendo um via Embrapa Pecuária Sudeste e outro através da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

O Prêmio Mercocidades será atribuído ao pesquisador ou grupo de pesquisa cujo trabalho, de natureza tecnológica, de qualquer campo, tenha contribuído, efetivamente, para a solução de um problema relevante em uma das cidades integrantes da Rede Mercocidades e tenha replicabilidade, ou seja, possa ser desenvolvido em outro município. São Carlos participa do grupo desde 2001.

Segundo o coordenador do Cedin, Alagui Marques Pereira, as cidades com projetos inscritos devem privilegiar os trabalhos que tenham a participação das universidades ou centros de pesquisa. "Estamos concorrendo com o Programa de Incubadoras de Empresas de São Carlos", revela Pereira.

Oswaldo Barba, prefeito de São Carlos, destaca que "a Mercocidades é a principal rede de cooperação do Mercosul e um referencial destacado nos processos de integração dos países do bloco".

A Mercocidades foi fundada em 1995 por iniciativa dos principais prefeitos da região, com o objetivo de desenvolver o intercâmbio e a cooperação horizontal entre as municipalidades dos países integrantes. Atualmente, conta com mais de 200 cidades associadas da Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Chile, Bolívia e Peru, onde vivem mais de 80 milhões de pessoas.

O Cedin é uma incubadora de empresas de base tecnológica que atua em vários segmentos como a eletrônica, materiais, automação industrial, bioenergia, biotecnologia e nanotecnologia entre outros. Além do espaço para instalação de micro e pequenas empresas, o Cedin mantém serviços de apoio administrativo, orientação jurídica, comercial, financeira e assessoria empresarial às empresas residentes e associadas ao Programa Incubadora de Empresas.

Desde 2008 firmou-se uma parceria com o Instituto Inova, gestor do Parque Eco Tecnológico Damha e iniciou-se uma nova fase na incubadora. "O objetivo é garantir a captação e gestão profissional de recursos de apoio a projetos capazes de transformar conhecimentos em negócios e capacitar empresários e administradores para inserção eficiente no mercado de inovação", diz o coordenador do Cedin, Alagui Marques Pereira.

Além do Instituto Inova, o Cedin mantém parcerias com a Prefeitura Municipal de São Carlos, o Sebrae/SP e o Governo do Estado. "O papel do Inova nesse arranjo passa tanto pela gestão de projetos quanto pela oferta de consultorias especializadas em empreendedorismo de base tecnológica", explica José Octávio Armani Paschoal, presidente do Instituto.

"Com infraestrutura mantida pela Prefeitura de São Carlos, as empresas ligadas ao Cedin movimentam recursos investidos por agências governamentais de fomento, como a Fapesp, o CNPq e a Finep", encerra o prefeito Barba.