Notícia

Portal São José dos Campos

CECOMPI apoia empresas de São José dos Campos na captação de recursos para o PIPE/FAPESP

Publicado em 30 maio 2012

Esse ano a FAPESP anunciou uma série de novidades que amplia a ação do Programa de Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). Uma delas foi o limite de financiamento por projeto selecionado, que passa de R$ 625 mil para R$ 1,2 milhão. Com isso, o Programa ganhou um novo ciclo para apresentação de propostas e tem nova chamada, com R$ 20 milhões para financiar projetos. A partir de agora, as propostas para o Programa serão avaliadas quatro vezes ao ano. Os próximos prazos para apresentação são: 10 de agosto (3º ciclo) e 29 de outubro (4º ciclo). Outra novidade é que o PIPE passa a aceitar propostas de empresas de pequeno porte com no máximo 250 empregados - até então o limite era de 100. O valor máximo de financiamento para cada projeto na Fase 1 (Análise de Viabilidade Técnico-Científica) do Programa passa de R$ 125 mil para R$ 200 mil. Para a Fase 2, de Desenvolvimento da Proposta de Pesquisa, o valor máximo aumentou de R$ 500 mil para R$ 1 milhão. Para dar o suporte necessário às pequenas empresas que buscam apoio na obtenção de recursos para projetos de execução de pesquisa científica e/ou tecnológica junto a Fapesp, o CECOMPI - Centro para Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista, coloca uma equipe à disposição das empresas.

Sobre o Programa PIPE

O Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) foi criado em 1997 e destina-se a apoiar a execução de pesquisa científica e/ou tecnológica em pequenas empresas sediadas no Estado de São Paulo. Os projetos de pesquisa selecionados para apoio no PIPE deverão ser desenvolvidos por pesquisadores que tenham vínculo empregatício com micro ou pequenas empresas ou que estejam associados a elas para sua realização.