Notícia

Agência C&T (MCTI)

CD de aluna do IA chega ao Japão

Publicado em 01 novembro 2007

Por Cinthia Leone, bolsista Fapesp

Trabalho da cantora Bruna Caram, premiada no Interunesp, foi bem recebido pelos críticos


Integrante da nova geração de intérpretes da Música Popular Brasileira, a paulista Bruna Caram, 20 anos, cursa Educação Musical no Instituto de Artes, câmpus de São Paulo. Seu CD de estréia Essa Menina, com composições do também novato Otávio Toledo, teve boa aceitação da crítica e do público. Há dois anos, no 14o Festival Interunesp de MPB & Convidados, Bruna foi premiada como intérprete da canção vencedora "Carolina Sorriu", de Deni Mastrodomênico, também do IA.

"Além do convívio com outros músicos, a UNESP acrescentou à minha formação o contato com a música erudita e internacional", destaca Bruna, que passou boa parte da infância ouvindo música popular brasileira. "Minhas principais influências são da MPB, entre elas Milton Nascimento, Beto Guedes, Lô Borges, Elis Regina e Maria Bethânia", comenta.

A cantora define seu estilo como MPB Pop. "Fico feliz com a recepção do meu trabalho", afirma. "Os críticos têm dito que renovamos a MPB, tornando-a mais arejada e moderna." O CD foi lançado recentemente no Japão, pela gravadora Dabliú, e rapidamente ficou entre os mais tocados naquele país.

Apesar de muito jovem, Bruna já tem 11 anos de carreira. Ela começou a cantar e tocar instrumentos no grupo Trovadores Mirins, versão infantil dos Trovadores Urbanos. "Nós assistíamos ao trabalho dos meus tios e queríamos fazer também", conta. "Minha tia percebeu o nosso entusiasmo e formou um grupo para as crianças." Os Trovadores Urbanos faziam serenatas sob encomenda para aniversários, batizados, casamentos, formaturas e, principalmente, reconciliações amorosas.

Acesse o clip com a música de trabalho do CD, Palavras do coração, no endereço http://www.youtube.com/watch?v=CybFAalDP_w