Notícia

Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias

Publicado em 22 abril 2021

Por Cínthia Schmidt

Geral Foi em busca dessa resposta que Cínthia Schmidt, uma jornalista de 41 anos e apaixonada por corrida, resolveu mudar de ares, de cidade, de estado e de vida.

 

Atleta amadora, residente da cidade de São Paulo, idealizadora de um grupo de corredores e proprietária de uma empresa de organização de provas trail (corridas em montanha, trilhas), me vi de uma hora pra outra obrigada a trocar um estilo de vida extremamente ativo, por uma rotina de clausura dentro de casa, em uma grande selva de pedra. Na capital do Estado de São Paulo, a quarentena fechou parques, academias e cancelou todos os eventos esportivos desde o dia 20 de março de 2020.

Foi quando surgiu uma oportunidade de mudar. Há seis meses deixei a vida na grande metrópole para morar em Cassilândia. Uma ideia dada pelo meu pai, que tem uma ligação antiga com a cidade, pois seu tio e padrinho, o conhecido Osvaldo Baiano, é um dos pioneiros da região e que inclusive dá nome à Câmara Municipal.

Ao chegar a essa terra diferente, com uma atmosfera calma e natureza exuberante, percebi que não seria difícil encontrar a inspiração e a motivação necessários para retomar a rotina de treinos e os cuidados com alimentação e saúde.

Aqui em Cassilândia parece que tudo conspira a favor da qualidade de vida. O céu limpo e estrelado na grande maioria das noites traz a energia necessária para carregarmos a bateria e, na manhã seguinte, contemplar o sol vibrante batendo nas belas ruas, avenidas e estradas da região. Parece que tudo foi pensado para a prática de esportes!

E isso não é só papo de corredor. Esse sentimento; já foi comprovado pela ciência. Segundo a dra. Lydia Fazzio, psiquiatra do Centro de Saúde do Cérebro da Universidade de Emory e também personal trainer, se você vive em um ambiente urbano, apenas ir correr em um parque arborizado ou alguma trilha perto da cidade pode influenciar significativamente seu senso de bem-estar e até mudar alguns dos parâmetros metabólicos, bem como marcadores de estresse. Outro estudo, publicado no início de 2020 pela Cornell University, revelou que ficar no mínimo 10 minutos em um ambiente mais natural para fazer você se sentir mais feliz e diminuir os efeitos do estresse físico e mental. Imagine então os efeitos positivos que uma cidade como Cassilândia pode proporcionar?

A pesquisa faz parte de um amplo estudo chamado "Terapia da Natureza" e visa mensurar uma dosagem facilmente alcançável que os médicos possam prescrever como medida preventiva contra altos níveis de estresse, ansiedade, depressão e outros problemas de saúde mental. E foi comprovado que uma simples caminhada, entre 10 e 50 minutos, em contato com a natureza já é capaz de melhorar o seu humor, sua capacidade de concentração e até regular a pressão arterial e frequência cardíaca.

Não faltam lugares cercados pela natureza e ainda dentro do perímetro urbano para você começar a praticar uma atividade ao ar livre com regularidade e sem gastar muito aqui em Cassilândia. Basta um par de tênis e uma roupa leve e confortável para dar os primeiros passos. Ah! E não se esqueça de levar também uma garrafinha de água para manter-se hidratado!

A Avenida da Saudade é um dos meus locais preferidos para treinar, seja para correr ou caminhar (aproveitando para observar as araras e o pôr do sol). E esse é apenas um dos “points” que os cassilandenses têm à disposição para se exercitar e cuidar da saúde e do bem-estar.

Não bastasse todos os benefícios diretos, essa tem sido uma estratégia também para me manter longe do coronavírus. Estudos recentes conduzidos por médicos brasileiros sugerem que a prática regular de exercícios físicos pode estar associada à redução de hospitalização por Covid-19. “O exercício tem um efeito sistêmico. Melhora a resposta imune e as condições metabólica e cardiovasculares do indivíduo. Esses fatores podem trazer proteção contra diversos tipos de doenças crônica”, destacou o estudo publicado pela Fapesp.

Não espere mais. Comece a praticar uma atividade física ao ar livre o quanto antes! É aquela velha história, é melhor prevenir do que remediar!

Cínthia Schmidt é jornalista, corredora amadora e estudiosa sobre nutrição, emagrecimento e qualidade de vida.