Notícia

UEL - Universidade Estadual de Londrina

Casa de Cultura promove palestra e concerto de música histórica

Publicado em 28 setembro 2006

Agência UEL
Evento em que a música de época executada ao vivo ilustra a teoria tem como tema Barbara Strozzi, compositora italiana do século XVII

O Projeto Música Histórica, vinculado à Divisão de Música da Casa de Cultura da UEL, apresenta nesta sexta-feira, 29 de setembro, a palestra "Safo novella: uma poética do abandono nos lamentos de Barbara Strozzi (Veneza, 1619-1677)", com a Doutora Silvana Scarinci. A teoria é exemplificada pela execução ao vivo de repertório de época pelo grupo Tutte Donne, com trechos de peças que serão apresentadas na íntegra no dia seguinte, sábado, no concerto Safo novella. Este evento faz parte da Temporada Ouro Verde de Música Histórica.
Barbara Strozzi, compositora do século XVII, é uma personagem que reflete claramente as ambivalências que definiam o lugar da mulher no seicento italiano. Cantora virtuose reconhecida por diversos litterati, Strozzi permanece praticamente desconhecida até nossos dias, mesmo tendo publicado, em vida, oito livros de Cantatas, um êxito raramente alcançado por qualquer de seus contemporâneos.
A pesquisa de doutorado da professora Silvana Scarinci, atualmente responsável pela cadeira de História da Música na Escola Municipal de Música de São Paulo, aborda de forma crítica e interdisciplinar a obra de Barbara Strozzi, compositora que expressa as dores do abandono com as cores violentas do desejo erótico.
Este é o trabalho que a musicista Silvana Scarinci apresenta na Palestra "Safo novella: uma poética do abandono nos lamentos de Barbara Strozzi (Veneza, 1619-1677)", nesta sexta-feira, 29 de setembro, às 20 horas, no Teatro Ouro Verde. A entrada é franca.
Silvana Scarinci, além de doutora pela Universidade Estadual de Campinas e pesquisadora da FAPESP, é violonista premiada no Brasil e nos Estados Unidos, onde estudou teorba, archiliuto e guitarra barroca. É com a teorba que ela integra o grupo Tutte Donne, ao lado de Juliana Parra (Soprano), Letícia Bertelli (Soprano) e Kristina Augustin (Viola da Gamba). O grupo participa da palestra com trechos de canções executadas ao vivo, exemplificando, com repertório da época, os sons, a música e a retórica da temática do abandono na obra de Strozzi.
O evento continua no sábado, 30 de setembro, com o concerto Safo novella, em que o grupo Tutte Donne desenvolve integralmente as peças do seicento italiano que ilustram a teoria do dia anterior. O programa conta com quatro obras de Barbara Strozzi, além de obras similares de diferentes autores, possibilitando a compreensão dos ideais estéticos e expressivos do período. O Concerto será no Teatro Ouro Verde, às 20 horas. Os ingressos custam R$ 5,00 e R$10,00.
Safo novella, palestra e concerto, fazem parte da Temporada Ouro Verde de Música Histórica, e são realizações do Projeto Música Histórica, vinculado à Divisão de Música da Casa de Cultura da UEL.

Serviço:
Safo novella: uma poética do abandono nos lamentos de Barbara Strozzi (Veneza, 1619 — 1677)
- Palestra da Dra. Silvana Scarinci, com trechos das canções ao vivo executados pelo grupo Tutte Donne
- Sexta-feira, 29 de setembro
- 20 horas
-Teatro Ouro Verde
- Entrada Franca
Safo novella
- Concerto do grupo Tutte Donne
- Sábado, 30 de setembro
-20 horas
-Teatro Ouro Verde (Rua Maranhão, 85, fone 43. 3322-6381)
- Ingressos: R$5,00 e R$10,00