Notícia

Meio Filtrante online

Carlos Pacheco é o novo reitor do ITA

Publicado em 24 outubro 2011

Agência FAPESP - O ministro da Defesa, Celso Amorim, nomeou Carlos Américo Pacheco o novo reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). A nomeação foi publicada na sexta-feira (21/10) no Diário Oficial de São Paulo, sendo a transmissão do cargo prevista para o próximo mês.

Pacheco será o 19º reitor na linha de sucessão de Richard Habert Smith (1946-1951), professor e pesquisador do Massachusetts Institute of Technology (MIT) contratado pelo governo brasileiro para ser o primeiro dirigente do ITA, criado pelo marechal-do-ar Casimiro Montenegro Filho.

Graduado em engenharia eletrônica pelo ITA (1979), Pacheco possui mestrado (1988) e doutorado (1996) em ciência econômica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pós-doutorado (2005) pela Columbia University, nos Estados Unidos.

Foi secretário executivo do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e presidente do conselho de administração da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

Com experiência na área de economia urbano-regional e economia industrial e tecnológica, Pacheco é, atualmente, professor doutor do Instituto de Economia da Unicamp e atua como membro do conselho de orientação do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), do corpo editorial da Revista Brasileira de Inovação e do conselho técnico-científico do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Durante o processo de seleção, o novo reitor destacou os desafios do ensino de graduação, entre os quais a expansão com qualidade, estratégias para atrair talentos, a permanente atualização dos currículos, estímulo à troca de experiência com boas universidades e assegurar um número crescente de intercâmbios acadêmicos - e estágios - em instituições de pesquisas e empresas com atividades relevantes de pesquisa e desenvolvimento nas áreas de concentração do ITA.

Entre as condecorações que recebeu estão a de Grande Oficial da Ordem do Rio Branco, do Ministério das Relações Exteriores, de Comendador da Ordem do Mérito da Aeronáutica, do Ministério da Aeronáutica, e a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico da Presidência da República (todas em 2000).

Fonte: http://agencia.fapesp.br