Notícia

Valor Econômico

Caras opostas e mutantes

Publicado em 29 outubro 2004

Por Por Maria Inês Nassif para o Valor
Por mais que se olhe, é impossível enxergar á imagem clara daquele que seria o brasileiro "médio". Por Maria Inês Nassif, para o Valor. O brasileiro já olhou a si mesmo como colonizado, subdesenvolvido; compensou-se com o olhar-se cordial; a ilusão de uma alegria inerente e inseparável de seu ser brasileiro fez com que se visse futebol e samba; a violência, a miséria e a falta de perspectiva o levaram a projetar sua imagem na do trombadinha, ou na do "menino-mosca" metido em drogas (mosca morre rápido, explica o padre Júlio [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.