Notícia

Embrapa

Capacitação internacional demonstra avanços nas pesquisas em biologia computacional

Publicado em 03 abril 2012

 

Fazer com que a agricultura brasileira avance ainda mais na direção da sustentabilidade é um dos principais desafios do momento. Esta é a visão do diretor-executivo de pesquisa e desenvolvimento da Embrapa, Maurício Lopes, que proferiu palestra na segunda-feira (2), durante a abertura do curso “Tópicos avançados em biologia computacional: desenvolvimento de agroquímicos e fármacos”, coordenado pela Embrapa Informática Agropecuária (Campinas, SP), com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo (Fapesp).

Com relação à área de biologia, Lopes ressaltou que a capacidade de entender e descrever sistemas biológicos cresceu tremendamente. “Os sistemas biológicos estão na base do desenvolvimento das atividades agropecuárias e nós temos que fazer o melhor uso de todo esse avanço que está ocorrendo para aumentar nossa capacidade de desenvolver processos e produtos cada vez mais seguros e compatíveis com a necessidade de um futuro mais sustentável, que a gente possa usar os recursos naturais de uma forma cada vez mais inteligente.”

É fantástica a ideia de trazer profissionais líderes no tema biologia computacional de diversas partes do mundo para compartilharem conhecimento com os jovens pesquisadores e estudantes brasileiros, na opinião do diretor. “Esse é o caminho no presente e será no futuro. Dizem que o futuro será muito intensivo em conhecimento, informação e relacionamento”, lembrou. A ciência torna-se mais intensiva em dados e informações sofisticadas e temos que lidar com problemas de dimensões cada vez mais complexas. Por isso, é preciso aprimorar as redes de relacionamento entre os institutos e as equipes de pesquisa, acredita Lopes.

O cientista Sir Tom Blundell,  da Universidade de Cambridge, proferiu palestra sobre a biologia estrutural no desenho de drogas baseado em fragmentos. Ele ressaltou o papel crucial do desenvolvimento da tecnologia da informação (TI), como as ferramentas de bancos de dados, para os avanços desses estudos, otimizando recursos para a criação de soluções em fármacos e agroquímicos. No primeiro dia do treinamento, houve, ainda, palestras dos pesquisadores Munir Skaf, da Unicamp; Christian Betzel, daUniversidade de Hamburgo; e Alexander MacKerell, da Universidade de Maryland.

A TI tem um papel extremamente estratégico para a Embrapa, de acordo com Kleber Xavier Sampaio de Souza, chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Segundo ele, as pesquisas mundiais que estão sendo apresentadas nesse treinamento comprovam a importância da aplicação da teoria da informação, especialmente para acelerar processos e apresentar soluções rápidas e inovadoras, tanto na área industrial quanto na agrícola.

O pesquisador Goran Neshich, coordenador do curso e líder do Grupo de Pesquisa em Biologia Computacional (GPBC), enfatizou o papel da tecnologia para se promover a inovação. “É importante ter uma visão, definir uma estratégia e contar com o suporte tecnológico para se inovar”, afirmou. Neshich fez uma breve apresentação sobre a plataforma Sting, um conjunto de software para análise e visualização tridimensional de proteínas desenvolvido na unidade.

O curso é uma atividade da Escola São Paulo de Ciência Avançada (ESPCA), programa da Fapesp para capacitação em temas avançados de ciência e tecnologia. Está sendo oferecido a 124 estudantes brasileiros e estrangeiros, vindos de 25 países. O treinamento será realizado até sexta-feira, 6 de abril, e é ministrado por especialistas daUniversidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ),Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Lavras (UFL), Universidade de Cambridge, Universidade de Hamburgo, Universidade de Maryland,Universidade do Novo México, entre outras instituições.

Nadir Rodrigues (MTb/SP 26.948)
Embrapa Informática Agropecuária