Notícia

Nova Escola online

Canal Futura e Fapesp lançam concurso cultural para estudantes do Ensino Médio

Publicado em 12 agosto 2019

Um concurso cultural voltado para alunos do Ensino Médio da rede pública estadual de São Paulo vai marcar o lançamento da série Ciência para Todos, do Canal Futura em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Os estudantes participantes do concurso deverão documentar, em um vídeo de até 7 minutos, um problema do local onde vivem e o passo-a-passo do estudo ou intervenção que realizaram para buscar soluções.

As cinco melhores produções vão ser exibidas no Canal Futura e os ganhadores vão visitar Centros de Pesquisa indicados pela Fapesp, onde vão apresentar seus trabalhos para cientistas e pesquisadores. Para ver todo o regulamento, basta clicar aqui.

A série Ciência para Todos, que motivou a criação do concurso cultural, estreia no Canal Futura no próximo dia 19, às 20h30, mostrando em 52 episódios a importância das pesquisas científicas e seu impacto no dia a dia da sociedade. A série de documentários foi realizada em parceria com a Fapesp e vai exibir pesquisas financiadas pela fundação em diferentes áreas, acompanhando o trabalho dos pesquisadores e as pessoas diretamente impactadas pelos projetos.

“O Programa visa fazer com que os estudantes vejam a Ciência como parte da vida diária de todos os cidadãos, e não algo que interessa apenas aos cientistas. A melhor maneira de alcançar esse objetivo é despertar a curiosidade e a criatividade dos estudantes em temas de natureza científica ou tecnológica”, afirma Marco Antônio Zago, presidente da Fapesp.

O lançamento da série e do concurso cultural será nesta quarta-feira (14/08) na Escola Culto à Ciência, em Campinas (SP) e vai contar com um talk show com a participação do youtuber Iberê Thenório, apresentador do canal “Manual do Mundo”, da estudante Maria Pennachin, aluna do Ensino Médio da escola e criadora do biocanudo à base de inhame, e da estudante gaúcha Juliana Stradioto, vencedora do 29º Prêmio Jovem Cientista na categoria Ensino Médio, com a criação de um filme plástico biodegradável feito da casca de maracujá. Além dos estudantes, o evento vai reunir professores e gestores da rede pública estadual de São Paulo, pesquisadores da Fapesp e convidados ligados ao setor de Educação.