Notícia

O Sul online

Campeã de infecções, bactéria multirresistente é detectada agora fora de hospitais no Brasil

Publicado em 26 agosto 2019

Por Mariana Alvim, BBC Brasil

A bactéria Klebsiella pneumoniae é figura conhecida em listas nacionais e internacionais dos microrganismos mais perigosos por sua resistência a antibióticos e consequente capacidade de causar infecções hospitalares. As informações são da BBC News.

Ela foi colocada em 2017 na categoria “crítica”, a mais preocupante, em uma lista da Organização Mundial da Saúde (OMS) das bactérias contra as quais o desenvolvimento de novos remédios é mais urgente, já que esses microrganismos evoluíram se tornando mais fortes e desenvolvendo formas poderosas de driblar antibióticos existentes.

No Brasil, foi ela também o microrganismo que mais causou infecções sanguíneas em pacientes adultos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em hospitais públicos e privados, segundo dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para 2017.

Agora, cientistas brasileiros descobriram algo que já temiam: detectaram a presença da Klebsiella pneumoniae em organismos de pacientes que não estão hospitalizados, e sim na “comunidade”, como definem os especialistas. No caso, esta bactéria foi encontrada na urina de 48 pessoas diagnosticadas com infecção urinária em 2013 e que foram fazer testes em uma rede de laboratórios particular na região de Ribeirão Preto (SP).

Especialistas consultados pela BBC News Brasil indicam que esse é o primeiro estudo a identificar a bactéria em amostras de pacientes brasileiros não hospitalizados.

O que causa preocupação nestes resultados, publicados no periódico Journal of Global Antimicrobial Resistance, não é apenas a identificação da Klebsiella pneumoniae na urina destas pessoas, mas a comprovação de que estes microrganismos se mostraram também muito resistentes.

Das 48 amostras, 29 (60,4%) tinham bactérias não suscetíveis a três ou mais classes de antibióticos – portanto, consideradas multirresistentes (MDR). No conjunto, foram encontrados também diferentes “genes de virulência”, ou seja, codificadores genéticos que geram “armas” para que as bactérias consigam driblar o sistema de defesa dos pacientes ou se espalhar facilmente.

“O que nos surpreendeu foram esses altos índices de resistência a antibióticos e genes de resistência e virulência”, explicou à BBC News Brasil por e-mail André Pitondo da Silva, coautor da publicação e professor de Microbiologia e Pesquisador da Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp).

Para ele, o quadro não deve estar restrito à região de Ribeirão Preto, porém é preciso mais estudos para avaliar esse ponto.

“Mas é importante ficar claro que não se trata de uma epidemia ou de algo que se alastre por contágio direto. O alerta maior é que é preciso controle na saída de pacientes infectados dos hospitais e que não haja uso indiscriminado antibióticos.”

Uma bactéria oportunista

A Klebsiella pneumoniae pode viver na flora intestinal de uma pessoa por anos e nunca causar problemas. Mas ela é oportunista: diante de alguma fragilidade, como queda na imunidade, doenças, ou mesmo do envelhecimento, ela age e pode causar feridas; infecções pulmonares; infecções urinárias que podem se agravar como uma pielonefrite (infecção nos rins); pneumonia; e até sepse (infecção generalizada), com risco de morte.

Infecções causadas por ela são mais comuns em hospitais do que fora deles. Nas unidades de saúde, sua propagação acontece principalmente no contato com fluidos do paciente infectado, como por meio de sondas e cateteres.

Na literatura científica mundial, a resistência desta bactéria a antibióticos tem sido associada a uma crescente morbidade e mortalidade.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Folha de S. Paulo O Globo online Folha.com Portal R7 G1 G1 Portal R7 Meridional FM Extra (Rio de Janeiro, RJ) Panorama Farmacêutico Portal da Enfermagem NewsLab online Outras Palavras Planeta online Jornal da Ciência online Abradilan - Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais W Rádio Brasil O Dia (Rio de Janeiro, RJ) online O Estado (MS) online Yahoo! Rádio Blog Peão EPTV O Verídico Portal do Governo do Estado de São Paulo Notivagos Perfil News Silvani Notícias (G1 Notícias) O Nortão online Portal G1 News Portal Gilda Bonfim LabNetwork Espaço Ecológico no Ar Medicina S/A Mais Expressão Investe São Paulo Top Mídia News O Nortão online Artemísio da Costa Encart Notícias Bahia No Ar J Bastos Repórter Saúde é Vital online Parnaíba 24 Horas Portal Brasileira Diário FM Mega FM 92,3 Blog do Seridó Blog Suébster Neri Notícias Legais Unaerp Vito D' Luck Clikado Clube Médico Blog Portal 300 Graus APM- Associação Paulista de Medicina ANADEM - Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética Atemporal Cassilândia Notícias Ata News Saran Noticias e Variedades BBC Brasil Época online Só Fatos Jornal Tijucas Tudonoticia.org Rádio Blog Peão Portal G1 News Notivagos Silvani Notícias (G1 Notícias) Ultradicas Notícias Legais Correio do Pantanal Anoticia.org Notícia Plus Cultura FM 87,9 Galileu online Blog IAG Saúde Imprensa Pública MT HOJE Ideal MT Jornal Ação Popular Federação da Saúde Correio da Paraíba Metropóles Portal T5 Mais Pederneiras Safenation SincoFarma Head Topics (Brasil) Guia Certo USA Biocientific Diário da Saúde Audio Vox Estúdio Uniprime Alliance Radar MS Fala Cidade Geesta Dica do tio Vale São Patrício Smurphies Disco Club IviHoje Ipará City (BA) NewsLab online Brasil CT&I W Rádio Brasil Ciência na rua Head Topics (Brasil) Planeta Parceiros Net Astratu Araraquara News Plantão Diário mundogospelnoticias.com.br