Notícia

Globo Rural online

Caminhão-museu revela a história da reforma agrária

Publicado em 24 março 2013

A luta pela terra é tema de uma exposição montada dentro de um caminhão, inaugurado neste mês em Belo Horizonte. O projeto é resultado de uma parceria entre o Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural do Ministério do Desenvolvimento Agrário (Nead/MDA) e o Projeto República da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O caminhão-museu Sentimentos da Terra é aberto ao público e está instalado no campus da UFMG. Pelo espaço, vídeos narrados por artistas como Caio Blat, Chico Buarque, Dira Paes, Gilberto Gil, José Wilker, Letícia Sabatella, Maria Bethânia, entre outros, mostram imagens, documentos históricos, ilustrações, desenhos e pinturas em maquetes 3D e animações que contam as trajetórias de movimentos como o dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e das Ligas Camponesas. O trabalho também apresenta a legislação agrária e mostra a repressão política no campo.

Além de duas salas para exibição dos vídeos, o veículo possui um espaço com seis computadores e acesso à internet, monitor interativo e biblioteca com livros sobre arte, fotografia, geografia, costumes e tradições.

Após o período em Minas Gerais, o caminho passará por Brasília, com visitação a partir de 4 de abril.

Globo Rural On-line

Com informações da Fapesp