Notícia

Folha de S. Paulo - Vale (São José dos Campos)

Câmara de fomento começa a operar em São Roque

Publicado em 22 outubro 2008

A instalação de uma Câmara setorial paulista de fomento à produção de uva e do vinho ocorre hoje a partir das 14h30 em São Roque, durante a 16.ª Expo São Roque, no Recanto da Cascata. No evento, também será indicado o seu presidente, Cláudio Góes, e apresentados os principais planos para atuação da câmara no fomento à cadeia. Essa será a 28ª câmara em funcionamento no âmbito da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento. O objetivo é agregar e ajudar no fortalecimento das diversas cadeias produtivas.

A câmara reforça o projeto de desenvolvimento da cadeia vitivinícola paulista, fortalecendo a tradição de produção dos municípios de São Roque, Jundiaí, São Miguel Arcanjo e Jarinu. A pesquisadora Adriana Verdi, do Instituto de Economia Agrícola (IEA), falará sobre o trabalho desenvolvido como diagnóstico do desempenho dos municípios produtores, caracterização dos vinhos da região segundo os parâmetros estabelecidos pela legislação, capacitação de vitivinicultores para compreensão da variabilidade de microorganismos existentes na uva, no mosto e no vinho, e implantação das duas coleções de germoplasma no Instituto Agronômico (IAC/SAA), uma de uvas para vinhos e derivados e outra para porta-enxertos.

Uma das ações que tem permitido maior conhecimento da realidade da cadeia é a realização do estudo “Revitalização da Cadeia Vitivinícola Paulista: Sustentabilidade, Governança e Competitividade”, encabeçado pelo IEA. Atualmente na segunda fase, ele pretende colocar São Paulo entre os maiores centros produtores de uvas e vinhos de qualidade, aumentando a produção de ambos e, conseqüentemente, gerando emprego, renda e fixação de famílias nos espaços rurais e periurbanos. Financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapesp), foi uma iniciativa da prefeitura de São Roque, em parceria com o Sindicato da Indústria do Vinho do município, Secretaria de Agricultura do Estado e Federação das Indústrias do Estado (Fiesp).