Notícia

UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas

CADI comemora 20 anos de atividades em prol da qualificação acadêmica

Publicado em 10 dezembro 2010

A Comissão de Avaliação e Desenvolvimento Institucional (CADI) da Unicamp realizou na tarde desta sexta-feira (10) sessão extraordinária em que comemorou seus 20 anos de atividades. A solenidade, presidida pelo reitor Fernando Ferreira Costa, ocorreu na sala do Conselho Universitário (Consu). Estiveram presentes o coordenador geral da Universidade, Edgar Salvadori De Decca, e os pró-reitores Ronaldo Aloise Pilli (Pesquisa), Euclides de Mesquista Neto (Pós-Graduação), Marcelo Knobel (Graduação) e Paulo Eduardo Moreira Rodrigues da Silva (Desenvolvimento Universitário), além de professores e funcionários. Cinco ex-pró-reitores de Pesquisa da Universidade, que responderam pela presidência da CADI ao longo das últimas duas décadas, também participaram da cerimônia, na qual foram homenageados.

Em sua fala, Fernando Costa destacou a importância da CADI, da qual também foi presidente, para a vida da Unicamp. "Sem dúvida, a criação desta comissão contribuiu para elevar o grau de excelência das ações da Universidade. A atuação da CADI nos últimos 20 anos transcendeu os objetivos para os quais ela foi criada. Não tenho conhecimento de outra instituição que tenha um sistema semelhante de prestação de contas e avaliação dos docentes. Vale ressaltar, ainda, que esse trabalho não tem nada de trivial. Não é simples contemplar todas as atividades e áreas existentes. A CADI faz isso com eficiência e seriedade, bem como promove suas avaliações com isenção e independência. Trata-se de um órgão essencialmente técnico", afirmou o reitor.

Na mesma linha, Edgar De Decca observou que o advento da CADI contribuiu para implantar na Unicamp uma nova mentalidade voltada ao aperfeiçoamento das atividades de ensino, pesquisa e extensão. O pró-reitor de Pesquisa apresentou aos presentes um breve retrospecto da trajetória da CADI, lembrando que ela foi instituída no contexto da implantação do Projeto Qualidade, cuja proposta era promover a qualificação acadêmica do corpo docente. Além de destacar igualmente a relevância da medida para o avanço da Universidade, Ronaldo Pilli fez questão de observar que a comissão não é tão severa quanto alguns podem pensar. "Trata-se de um órgão que realiza avaliações com rigor e eficiência, mas dentro de parâmetros técnicos. Para se ter uma idéia, somente 1% dos relatórios de atividades analisados ao longo do tempo foi reprovado", informou.

Durante a solenidade, cinco ex-pró-reitores de Pesquisa, que responderam pela presidência da comissão, foram homenageados: José Dias Sobrinho, Ivan Chambouleyron, Fernando Costa, Daniel Pereira e Armando Turtelli. Este último participou da comissão de criação da CADI, na gestão do reitor Carlos Vogt. O professor Carlos Henrique de Brito Cruz, ex-pró-reitor de Pesquisa, ex-reitor e atual diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), não pôde estar presente à cerimônia, mas enviou cumprimentos à comunidade universitária.

A CADI é responsável por analisar, com critério e responsabilidade, os relatórios de atividades produzidos pelos docentes. O órgão tem a missão de avaliar e acompanhar o desempenho dos professores, recomendando ações ou fazendo eventuais advertências acerca dessa performance. Tal procedimento tem proporcionado excelentes resultados, como demonstram os números apurados ao longo dos últimos dez anos. No período, foram analisados 4.677 relatórios de atividades. Destes, 4.216 foram considerados satisfatórios, 393 mereceram algum tipo de restrição e somente 68 foram tidos como insatisfatórios. "São indicadores que demonstram de forma muito clara o grau de excelência e de comprometimento dos nossos professores com suas atividades", considerou o pró-reitor Ronaldo Pilli, em recente entrevista ao Jornal da Unicamp.