Notícia

Portal do Governo do Estado de São Paulo

Butantan ganha hoje o mais moderno laboratório para estudos de toxinas do Brasil

Publicado em 27 junho 2007

O Instituto Butantan, da Secretaria de Estado da Saúde, inaugura nesta quarta-feira, 27, às 16 horas, o mais moderno laboratório de toxinas do Brasil. Em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), será entregue unidade para pesquisar toxinas de animais peçonhentos (serpentes, sapos, aranhas, escorpiões, abelhas, vespas, lagartas, animais marinhos), plantas e microorganismos (bactérias e fungos).

Com investimento de cerca de R$ 14 milhões, a unidade propiciará desenvolver novos medicamentos para combater as toxinas de animais, plantas e microorganismos. O espaço físico do antigo laboratório, de 1.000 m², foi totalmente reformado_ os pesquisadores terão à disposição os equipamentos mais avançados no ramo da biotecnologia.

"É um esforço importante em oferecer às indústrias farmacêuticas brasileiras uma moderna plataforma física e funcional para a descoberta e o desenvolvimento inicial das inovações baseadas em pesquisa científica, assim como a possibilidade de sinergia entre os setores público e privado", diz Antonio Carlos Martins de Camargo, coordenador do laboratório.

Hoje o Butantan já reconhecido como um dos mais importantes centros de estudo de toxinas. Pesquisa, por exemplo, venenos de vespas solitárias, organismos marinhos, aracnídeos e serpentes. "O Butantan é um orgulho para os paulistas. Esta parceria com a Fapesp mostra como o governo do Estado vem investindo no Instituto, ou seja, em pesquisa de ponta em saúde", afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

A inauguração do novo espaço acontece no Instituto Butantan_ avenida Vital Brazil, 1.500, no Butantã, zona oeste de São Paulo.

Da Secretaria da Saúde