Notícia

Portal Exame

Buscando alvo terapêutico, pesquisa mapeia interação gênica

Publicado em 20 março 2013

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP
São Paulo - Descobrir como os genes de um determinado tecido do corpo humano se comunicam, e o que muda nessa rede de interação gênica quando uma pessoa fica doente, permite não apenas compreender melhor o mecanismo molecular das enfermidades como também identificar alvos terapêuticos para o desenvolvimento de novas drogas. Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) estão usando essa estratégia para estudar o cérebro de pessoas com uma forma de epilepsia resistente aos medicamentos hoje disponíveis. Também estão usando o [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.