Notícia

Portal Exame

Busca por bactérias leva pesquisadores a ambientes extremos

Publicado em 26 maio 2014

Por Noêmia Lopes, da Agência FAPESP
São Paulo - Coletar bactérias em um abismo marinho, a mais de 10 mil metros de profundidade, ou em desertos extremamente áridos, a até 5 mil metros de altitude, é a estratégia de campo adotada por pesquisadores da Escola de Biociências da University of Kent, no Reino Unido, para descobrir novas espécies de microrganismos. Acreditamos que, em locais como esses, é possível encontrar novos organismos, com novas propriedades químicas e biológicas que, por sua vez, possam dar origem a medicamentos antibióticos, anticâncer, [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.