Notícia

Planeta Universitário

Buracos Negros: Sementes ou Cemitérios de Galáxias?

Publicado em 27 abril 2011

No dia 5 de maio, a partir das 17h, o astrofísico João Steiner, professor titular do Departamento de Astronomia do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atrmosféricas (IAG) da Universidade de São Paulo (USP), apresentará a conferência "Buracos Negros: Sementes ou Cemitérios de Galáxias". As primeiras evidências desses objetos foram obtidas nas décadas de 1960 e 1970. Atualmente, sabe-se que existem dois tipos de buracos negros no espaço: os estelares e os supermassivos.Esses últimos habitam o núcleo das galáxias e, quando consomem grandes quantidades de gases, tornam-se os objetos mais luminosos do Universo, os quasares.

Steiner abordará se esses objetos são as “sementes” ou funcionam como “cemitérios de galáxias” – ou nenhum dos dois. “Para entendermos ambos os papéis desempenhados pelos buracos negros, devemos pensar que eles coevoluíram”, disse.

Steiner é coordenador do Instituto Nacional Avançado de Astrofísica, que tem apoio da FAPESP por meio da modalidade Auxílio à Pesquisa – Projeto Temático.

A conferência faz parte das comemorações dos 25 anos do Instituto de Estudos Avançados da USP, é gratuita e não é necessária inscrição prévia. O evento será realizado no Auditório Oswaldo Fadigas Fontes Torres, do Centro de Computação Eletrônica (CCE) da universidade, localizado na Av. Prof. Luciano Gualberto, Trav. 3, nº 71, Cid. Universitária, São Paulo.

Mais informações: Sandra Sedini sedini@usp.br ou (11) 7098-4420.

Agência FAPESP