Notícia

Terra

Brasileiros criam inseticida natural contra dengue

Publicado em 07 março 2007

Uma iniciativa dos pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, e da Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista, desenvolveu um inseticida natural contra a dengue. A partir de uma planta nativa brasileira e pouco conhecida, a Piper solmsianum, eles criaram um biocida, um produto natural capaz de eliminar todas as larvas do mosquito transmissor da doença.

Segundo a Agência Fapesp, o trabalho teve como ponto de partida o estudo das lignanas, moléculas lipídicas produzidas pela atividade metabólica de plantas. Elas naturalmente eliminam tais substâncias para a defesa contra inimigos, como insetos que as têm como fonte de alimentação. "Fizemos testes com diferentes dosagens de um líquido oriundo das lignanas até chegar à formulação ideal. Ao utilizarmos 100 microlitros em um litro de água contendo larvas do Aedes aegypti, a mortalidade da larva foi de 100% em 24 horas", afirmou o pesquisador Anthony Érico Guimarães.

Ele destaca que outros produtos, por seres químicos ou biológicos, apresentam algum grau de toxidade aos seres humanos e às plantas, o que não acontece com o biocida. "Além de ser produzido a partir de uma planta nativa e extremamente abundante na Mata Atlântica, a maior vantagem do biocida é sua capacidade de matar as larvas do mosquito sem deixar qualquer tipo de resíduo tóxico no meio ambiente", explicou.