Notícia

Novo Jornal

Brasileiro recebe maior honraria científica do governo dos EUA

Publicado em 25 julho 2019

O pesquisador Felipe Fregni participa de projeto que busca melhorar reabilitação de pessoas que perderam movimentos a partir de marcadores cerebrais

O governo dos Estados Unidos realiza hoje (25) a cerimônia de premiação do “Presidential Early Career Award for Scientists and Engineers (Pecase), maior honraria concedida pelo governo norte-americano para jovens pesquisadores.

Um dos homenageados do dia, será o brasileiro Felipe Fregni, 44 anos, professor associado da Havard Medical School e professor visitante da Faculdade de Medicina da USP. Fregni está no Estados Unidos desde 2003, e se empenha desde 2018, junto com outros pesquisadores brasileiros do Departamento de Reabilitação da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, no projeto “O déficit de inibição como marcador de neuroplasticidade na reabilitação”, financiado pela Fapesp e que lhe rende hoje o “Pecase”.

O brasileiro disse não ter dúvidas que a interação e cooperação entre ele e os pesquisadores brasileiros foi fundamental para a honraria que recebe nesta quinta-feira e sente como se dividisse o prêmio os parceiros do Brasil.

A premiação será realizada pela Casa Branca no DAR Contitutional Hall, em Washington, onde o presidente dos Estados Unidos, Donal Trump, deverá receber os homenageados do dia. O prêmio é dedicado à jovens cientistas e engenheiros reconhecidos como lideranças em ciência e tecnologia.