Notícia

Correio Popular

Brasil sai na frente e inicia mapeamento genético do boi

Publicado em 08 maio 2003

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e a Central Bela Vista Genética Bovina anunciaram ontem na capital paulista o início do projeto de mapeamento genético do boi. O Brasil sai na frente dos Estados Unidos - que planeja para setembro o início do seqüenciamento genético bovino -, com o objetivo específico de identificar genes associados ao processo reprodutivo, de modo a desenvolver tecnologias e produtos que possam resultar em aumento de produtividade, eficiência reprodutiva, resistência do rebanho e melhor qualidade de carne. O coordenador do projeto, Luiz Lehmann Coutinho, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP), explicou que, ao contrário dos americanos, que farão o mapeamento completo do boi com o objetivo exclusivo do conhecimento, os pesquisadores brasileiros vão se concentrar numa parte pequena do genoma - 3% do total -, basicamente tecidos reprodutivos e os relacionados à resistência a doenças.