Notícia

Super Interessante online

Brasil realiza maior sequenciamento genético de idosos da América Latina

Publicado em 25 setembro 2020

Por Maria Clara Rossini

Conhecer os genomas brasileiros, que misturam heranças africanas, europeias e nativas, é importante para a medicina de precisão – que busca desenvolver tratamentos personalizados com base no DNA de cada paciente.

Mais de mil paulistanos agora fazem parte do maior banco de dados genômicos de idosos da América Latina. Pesquisadores do Centro de Estudos do Genoma Humano e de Células Tronco, da USP, sequenciaram o genoma completo de 1.171 homens e mulheres com média de 71 anos de idade.

Os dados já estão disponíveis para outros pesquisadores no Arquivo Brasileiro Online de Mutações. O artigo que anuncia a novidade, embora já tenha sido divulgado em forma de PDF, ainda deve passar por revisão de pares (isto é, a avaliação de outros especialistas) antes de ser publicado em um periódico especializado.

Analisando o genoma dos voluntários, é possível identificar mutações genéticas responsáveis por doenças, bem como a incidência dessas mutações na população analisada. O contrário também vale: os pesquisadores podem encontrar alelos que estão relacionados ao envelhecimento saudável. Ter um banco de dados apenas com idosos é importante para estudar doenças que geralmente se manifestam após a velhice, como Alzheimer e Parkinson.

A pesquisa demorou mais de dez anos para ser concluída. Os voluntários não possuem parentesco entre si e são moradores da cidade de São Paulo. O grupo inclui descendentes de imigrantes de diferentes nacionalidades e contextos socioeconômicos.

As primeiras análises dos genomas identificaram 76 milhões variantes genéticas. Dessas, duas milhões não estão descritas em bancos de dados de outros países – ou seja, são inéditas.

Segundo os autores, o motivo para isso é que a maioria dos bancos de dados conta com populações europeias, já que a maior parte dos estudos são feitos lá. Por ter mais miscigenação, a população brasileira acaba subrepresentada nos bancos genômicos internacionais.

Isso tem impacto não apenas na diversidade dos bancos, mas também no alcance da medicina de precisão, uma abordagem que propõe tratamentos personalizados e mais eficazes de acordo com o código genético do indivíduo. “Toda vez que você toma um remédio, uma droga nova, você não sabe se vai ser eficiente, inócua ou se vai ser tóxica. Hoje, a gente sabe que isso depende do nosso genoma” disse a pesquisadora Mayana Zatz em entrevista à GloboNews

Se os bancos de dados possuem apenas as variantes europeias, a medicina de precisão terá dificuldade em encontrar drogas específicas para os DNAs brasileiros.

Um exemplo apontado pelos pesquisadores é o da fibrose cística, uma doença hereditária que afeta as células que produzem muco, como nos pulmões e sistema digestivo. A mutação que causa a doença é mais presente em caucasianos, então ela também é mais frequente na Europa. Ela afeta um em cada 2 mil europeus, enquanto se restringe a um em cada 10 mil brasileiros.

Por outro lado, a surdez relacionada ao gene GJB2 é mais prevalente em brasileiros do que europeus – uma informação valiosa para a gestão de saúde brasileira “O sequenciamento de genomas completos pode auxiliar na elaboração de políticas de saúde pública ao ajudar a estimar quantas pessoas podem nascer com doenças genéticas em uma determinada população”, diz Michel Naslavsky, autor do estudo, à FAPESP.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
UOL O Estado de S. Paulo Estadão.com Record TV G1 UOL UOL BOL Estado de Minas online IstoÉ online IstoÉ Dinheiro online Portal Exame Folha de S. Paulo Portal R7 Folha.com Yahoo! Yahoo! Galileu online Portal da Enfermagem Jornal da Ciência online NewsLab online LabNetwork Programa InfoSalud (Argentina) Aroldo Murá Terra MSN Olhar Digital Região Noroeste ABC - Academia Brasileira de Ciências Mundo e Meio Portal do Governo do Estado de São Paulo Jornal de Brasília online MSN Notícias & Artigos ES360 GP1 Panorama Farmacêutico Agencia EFE (América) Agência Lusa (Portugal) Notícias ao Minuto (Portugal) MSN (Portugal) Chumbo Grosso DF Encart Notícias Jornal Tijucas MSN Informador.news Demoefe.ikuna.com Agencia EFE (México) Yahoo! (Espanha) O Dia (SP) A Crítica (MS) online Diário do Grande ABC online Aqui Notícias online Diário de Notícias online Bem Paraná online Correio do Papagaio online Zero Hora online Portal do Holanda Dinheiro Rural online FasterNet Jornal de Itatiba online Tribuna do Agreste Tribuna do Sertão CGN FoxBe Guarulhosweb Mercado News TN Online Blog do Didi MSN (Portugal) SAPO 24 (Portugal) Diário da Notícia Folha Vitória online Press From Brasil Planeta online Alianza Metropolitan News (EUA) online Rede Massa SBT Folha de Valinhos online Diário do Sudoeste (Pato Branco, PR) online HiperNotícias O Liberal (Americana, SP) online Rosenwal Ferreira Metro Jornal online TV Globo TV Globo Galus Australis Instituto Pinheiro Vale São Patrício Resende News Blog Cidade News Itaú Quiosco (República Dominicana) RG Radio Head Topics (Brasil) Dom Total Investe São Paulo Ásia Comentada Tribuna do Interior online Vitória News Jornal Estação online Repórter Diário ABC (Paraguai) online Jornal Primeira Página La Conéxion (EUA) Aracaju Magazine Xeberoxu.az (Azerbaijão) Aqreqator.az (Azerbaijão) Meio Norte online Observador (Portugal) Eldiario (Espanha) La Vanguardia (Espanha) online Impala News (Portugal) El Siglo de Torreón (México) online Globovisión Tele (Venezuela) Jornal de Boas Notícias Jornal Fatos & Notícias El Siglo Coahuila (México) Duna Press Jornal de Piracicaba Panorama (Venezuela) El Siglo (México) Jornal do Comércio (RS) online MSN Portal Paraíba Urgente Poder360 Canaltech Mega Curioso Tecmundo TV Alesp Ambientebrasil Ceedec - Centro de Educação Especializado Sapo (Portugal) Infobae América (Argentina) Dignus (Portugal) Tech Na Net Guarulhos Hoje Tech Na Net