Notícia

Diário do Comércio (SP)

Brasil não se rende aos genéricos

Publicado em 07 fevereiro 2006

A principal realização de José Serra como ministro da Saúde, a comercialização de medicamentos genéricos, não recebeu grande aprovação dos brasileiros. Pelo menos é o que se pode concluir de uma pesquisa realizada na Universidade Federal de Pelotas e divulgada pela Agência FAPESP. Os pesquisadores entrevistaram 3.182 sobre o conhecimento e o uso dos chamados genéricos. Do total, 65,9% disseram já ter comprado algum tipo de medicamento nos 15 dias anteriores à entrevista, mas apenas 3,6% adquiriram um medicamento genérico. O estudo, publicado na edição atual dos Cadernos de Saúde Pública. Mas 86% afirmaram conhecer os genéricos e 70% disseram que ambas as formulações são de boa qualidade. Os pesquisadores querem agora, entender esta contradição. O estudo também mostra que o potencial para o mercado de genéricos do Brasil é enorme. Em países como Canadá, Dinamarca, Estados Unidos e Reino Unido, os medicamentos genéricos respondem por 40% das vendas. Para ler o artigo, visite ao portal Scielo, da Capes.
www.scielo.br