Notícia

Diário do Nordeste

Brasil lidera em projetos de genomas vegetais no mundo

Publicado em 21 maio 2000

Rio - Depois de se tornar o primeiro país da América Latina a decifrar um genoma, o da bactéria Xylella fastidiosa (praga que afeta laranjais), o Brasil toma a dianteira na decodificação do código genético de plantas. O Projeto Genoma da Cana-de-açúcar, que, como o da Xylella, surgiu graças ao apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), já seqüenciou (decifrou as bases químicas) de 42 mil dos cerca de 50 mil genes da cana, no mais ambicioso projeto de genomas vegetais realizado no mundo. O projeto brasileiro é, por exemplo, maior do que os programas americanos, europeus e japoneses que investigam o DNA da soja e do milho. O projeto já identificou genes que prometem levar à criação de uma variedade de cana para produzir açúcar que não engorda. Ele tem atraído pesquisadores de outros países.