Notícia

Jornal do Brasil

Brasil estuda construção de satélite com Argentina

Publicado em 25 março 1996

BUENOS AIRES — A construção conjunta de um satélite e um convênio para o envio de tropas de paz foram discutidos neste fim-de-semana, durante conversa entre o ministro da Defesa da Argentina, Oscar Camilion, e o secretário de Assuntos Estratégicos, embaixador Ronaldo Sardenberg. Estes temas referentes à defesa, como a cooperação na área nuclear, serão tratados aqui durante visita oficial do presidente Fernando Henrique, a partir de 8 de abril. "Podemos fazer uma defesa conjunta nos países do Mercosul", afirmou o ministro Camilion. Mas Sardenberg disse que não há previsão para que o governo brasileiro mande ao Congresso a proposta para criação do Ministério da Defesa — o Brasil é um dos poucos países no mundo onde não há esta pasta. Camilion analisou os últimos 30 anos da atuação da segurança nos dois países, lembrando que somente agora o Brasil começou a participar com o envio de tropas de paz. Nos últimos encontros de ministros da Defesa, como o que reuniu os 34 países da Organização dos Estados Americanos (OEA), em 1995, em Williams-burg, nos Estados Unidos, foi discutido o controle civil e dos governos sobre as Forças Armadas e sua atuação no combate ao narcotráfico. O próximo encontro destes ministros será em outubro, em Bariloche, na Argentina.