Notícia

Revista Brasileira de Risco e Seguro

Brasil é o 13º país que mais produz conhecimento

Publicado em 08 maio 2009

O Brasil alcançou a 13ª posição na classificação mundial em produção científica em 2008, ultrapassando a Rússia (15ª) e a Holanda (14ª), de acordo com informações da Web of Science divulgadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

De 19.436 artigos publicados em 2007, a produção brasileira subiu para 30.415 em 2008, com um aumento de 56%, como resultado, segundo a Capes, da atuação das universidades e centros de pesquisa que atuam na pós-graduação universitária.

Estados Unidos, China, Alemanha, Japão e Inglaterra são os cinco primeiros colocados, seguidos da França, Canadá, Itália, Espanha, Índia, Austrália e Coreia do Sul. A base de dados Web of Science, da Thomson Scientific, cobre cerca de 10 mil periódicos científicos.

Com esse aumento na produção científica, o Brasil passou a contribuir com 2,12% dos artigos de 183 países. Para a Capes, outro fator relevante no desempenho científico brasileiro é o apoio das agências de fomento à pesquisa e à formação de recursos humanos, por meio da concessão de bolsas de estudo e também pela disponibilidade do acesso livre ao conhecimento gerado mundialmente, oferecido por exemplo pelo Portal de Periódicos.

Iniciado em 2000 com 1,8 mil títulos, o portal conta com 13 mil periódicos e 126 bases de dados referenciais e seis bases dedicadas exclusivamente a patentes. Nesse período, cresceu o número de instituições de ensino e pesquisa que fazem pesquisas no portal, de 72 em 2001 para 268 em 2009.

Mais informações: http://www.periodicos.capes.gov.br

Fonte: Agência Fapesp