Notícia

Correio do Povo (Porto Alegre, RS)

Brasil divulga pesquisa inédita

Publicado em 23 maio 2002

Um grupo de 65 pesquisadores brasileiros publica na edição de hoje da revista Nature o seqüenciamento e comparação dos genomas de duas bactérias aparentadas - a Xinthomonas citri, que causa o cancro cítrico, e a Xanthomonas campestri que ataca repolho, brócolis e outros vegetais. "Isso consolida a posição de liderança da pesquisa brasileira no estudo de fltopatogênicos", afirma José Fernando Perez, diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Foram dois anos de trabalho e investimentos que alcançaram 5 milhões de dólares. As Xanthomonas são o gênero mais importante de fitopatogêneos - bactérias que causam doenças em plantas. "Para cada planta de importância econômica há uma espécie de xantomonas que a ataca, causando diferentes doenças", diz Ana Cláudia da Silva, integrante do grupo de pesquisadores. Cada uma das bactérias seqüenciadas tem cerca de 4,1 mil genes. Desse total, 85% são praticamente os mesmos nas Xantomonas citri e campestris. Mas são os 15% restantes que podem explicar como elas agem na planta e como causam doenças.