Notícia

O Globo

Brasil busca nos genes melhores formas de tratar tumores malignos

Publicado em 23 agosto 2001

Por Adauri Antunes Barbosa
SÃO PAULO. Uma cooperação entre cientistas brasileiros e estrangeiros começou ontem a comparar as seqüências dos genes ativos em tumores malignos com as do código genético de tecidos sadios do organismo, disponíveis por meio do Projeto Genoma Humano. Ao todo, são 2,7 milhões de seqüências de fragmentos genéticos associados a tumores, 1,2 milhão armazenadas no Brasil e 1,5 milhão nos EUA. O projeto, batizado de "Jamboree" - expressão de escoteiros que significa reunião internacional - reúne 30 especialistas no Instituto [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.