Notícia

Planeta Universitário

Brasil: A Nova Agenda Social

Publicado em 09 agosto 2011

Ao longo de 2010, Edmar Bacha, diretor do Instituto de Estudos de PolÍtica Econômica ' Casa das Garças (Iepe/CdG), e Simon Schwartzman, presidente do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedades (Iets), organizaram uma série de seminários sobre questões pendentes nas polí­ticas públicas sociais no Brasil. Os dois e outros 16 pesquisadores discutiram polí­ticas de saúde, previdência social e polí­ticas de renda, polí­ticas de educação e polí­ticas de segurança pública.Os debates resultaram no livro Brasil: A Nova Agenda Social, organizado por Bacha e Schwartzman e lançado em junho.

A convite da direção do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da Universidade de São Paulo, Bacha, Schwartzman e os pesquisadores André Portela de Souza (Fundação Getulio Vargas) e Leandro Picquet Carneiro (Instituto de Relações Internacionais da USP) participarão de mesa-redonda no IEA sobre os principais aspectos abordados no livro.

O evento será no dia 17 de agosto, às 14h30. Bacha e Schwartzman explicarão as motivações que os levaram a promover o ciclo de seminários, Souza falará sobre a previdência social e as polí­ticas de renda e Carneiro tratará das polí­ticas de segurança pública.

No livro, Bacha e Schwartzman destacam que há uma contradição entre a complexidade crescente das polí­ticas públicas na área social e as simplificações que ocorrem sempre que esses temas sociais são debatidos.

"No debate público, as discussões tendem para dicotomias simples, invariavelmente em termos da generosidade do setor público em distribuir benefí­cios: mais escolas, mais universidades, mais bolsas, mais atendimento médico gratuito, melhores aposentadorias, mais casas populares etc. Além dos óbvios limites financeiros dessas polí­ticas distributivas, essas simplificações impedem que o país desenvolva a inteligência e a competência necessárias para que elas sejam implementadas de forma efetiva", escreveram.

Nos seminários, cinco itens básicos nortearam as discussões das polí­ticas públicas sociais: diagnóstico dos problemas principais de cada área, do ponto de vista da cobertura e da produtividade; que instituições e agências ' públicas, privadas ou ONGs; federais, estaduais ou municipais ' são responsáveis pelo provimento dos benefí­cios; em que medida a legislação permite ou dificulta a execução dessas polí­ticas; custos e mecanismos de financiamento; e sugestões do ponto de vista institucional, gerencial, legal e financeiro para cada setor.

O evento será transmitido ao vivo pela internet em www.iea.usp.br/aovivo.

Local: Sala de Eventos do IEA, Rua Praça do Relógio, 109, Bloco K, 5 andar, Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações: com Inês Iwashita (ineshita@usp.br), telefone (11) 3091-1685.

Agência FAPESP