Notícia

Portal R7

Bolsista recebe prêmio de melhor tese de doutorado em matemática

Publicado em 17 setembro 2019

Por Agência FAPESP

O matemático Pedro Henrique Gaspar Marques da Silva, ex-aluno do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP (Universidade de São Paulo), em São Carlos, recebeu o Prêmio Carlos Gutierrez de Teses de Doutorado de 2019.

Organizado pelo ICMC-USP, em parceria com a Sociedade Brasileira de Matemática, o prêmio reconhece, a cada ano, a melhor tese em matemática defendida no Brasil no ano anterior.

Silva ganhou a edição de 2019 pelo trabalho “A equação de Allen-Cahn e aspectos variacionais de hipersuperfícies mínimas”, defendida no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com orientação do professor Fernando Codá dos Santos Cavalcanti Marques, da Princeton University (Estados Unidos).

Com doutorado na área de Análise Geométrica, localizada na interface entre Geometria Diferencial, Análise e Equações Diferenciais Parciais (EDPs), o matemático estudou algumas relações entre superfícies mínimas e a equação de Allen-Cahn.

Amplamente estudadas desde o século 18 pelas propriedades geométricas e conexões com diversas áreas da Matemática, as superfícies mínimas ocorrem em diversos contextos na natureza, especialmente em situações em que, para estar em equilíbrio, uma superfície deve ter área mínima em algum sentido.

Um exemplo de superfície mínima é a película de sabão formada quando é mergulhada uma armação, como uma argola de arame deformada, em uma solução de água e detergente.

Já a equação de Allen-Cahn surge em modelos matemáticos do movimento da interface de diferentes materiais em ligas metálicas. Presente em trabalhos de Van der Waals, do fim do século 19, ela descreve fenômenos de transição de fase.

Silva recebeu a premiação em uma cerimônia do Workshop de Teses e Dissertações em Matemática do ICMC, que aconteceu no dia 27 de agosto de 2019.