Notícia

Revista Museu

Bolívia passa a integrar Rede SciELO

Publicado em 13 outubro 2009

A Bolívia é o 15º país a integrar a Rede SciELO (Scientific Eletronic Library Online), com a publicação on-line em acesso aberto de uma coleção formada por periódicos científicos nacionais selecionados.

A Rede SciELO opera de forma descentralizada, na qual cada país assume a responsabilidade da gestão, operação e financiamento da publicação eletrônica da coleção nacional dos periódicos, obedecendo aos critérios estabelecidos pelo programa SciELO.

O programa SciELO foi criado em 1997 por meio de uma parceria entre a FAPESP e o Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme), reunindo periódicos científicos brasileiros.

A Rede SciELO disponibiliza coleções de oito países: Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Cuba, Venezuela, Espanha e Portugal. Além disso, a rede possui coleções em desenvolvimento de outros seis países, além da Bolívia: México, África do Sul, Costa Rica, Paraguai, Peru e Uruguai.

De acordo com informações divulgadas pela Bireme, o anúncio da integração da Bolívia à Rede SciELO sinaliza um avanço para a pesquisa e a comunicação científica boliviana, considerando que a operação de uma coleção nacional no âmbito da rede deverá contribuir para aumentar a visibilidade e o acesso à produção científica publicada no país.

Seguindo a política de desenvolvimento da Rede SciELO, a coleção foi aprovada inicialmente para ingresso na condição probatória, denominada "coleção em desenvolvimento", com vistas à sua futura certificação quando todos os requisitos SciELO forem cumpridos.

A implantação da coleção SciELO Bolívia é resultado do trabalho conjunto de diferentes instituições bolivianas, como a Universidad Mayor de San Andrés, Programa de Investigación Estratégica en Bolivia, Universidad Católica Boliviana e Asociación Boliviana de Editores de Revistas Biomédicas.

A coleção SciELO Bolívia conta atualmente com oito títulos, 37 fascículos com mais de 500 artigos publicados: Biofarbo, Cuadernos Hospital de Clínicas, Ecologia en Bolívia, Revista Boliviana de Física, Revista Boliviana de Química, Revista de la Sociedad Boliviana de Pediatría, Tinkazos - Revista Boliviana de Ciencias Sociales e Umbrales.

A Coordenação Executiva da coleção está sob a responsabilidade do Vice-Ministério de Ciência e Tecnologia por meio do Sistema Boliviano de Información Científica y Tecnológica (SIBICyT), e a Coordenação Técnica encontra-se a cargo da Biblioteca Central da Universidad Mayor de San Andrés.

www.bireme.br

Fonte: Agência FAPESP