Notícia

Jovem Pan

Boeing anuncia abertura de escritório em SP

Publicado em 27 outubro 2011

Prestes a instalar um escritório em São Paulo, a norte-americana Boeing, uma das maiores indústrias aeroespaciais do mundo, não descarta fábrica no Estado. A partir do ano que vem, a companhia vai investir em estudos sobre biocombustível para aeronaves no Brasil.

A empresa está fechando parceria com a Embraer, concorrente direta de mercado, que desde 2005 testa um produto ecológico nos aviões. A Fapesp, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado, dará apoio aos técnicos da Boeing.

Os diretores da empresa se reuniram, nesta quarta-feira, com o governador Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes. Em entrevista a Thiago Uberreich, a presidente da companhia no Brasil, Donna Hrinak, apostou na experiência brasileira com o etano, desconversando porém quando a conversa virou na direção da abertura de uma fábrica no país, evitando também qualquer comentário sobre a participação da empresa na disputa pela licitação que definirá a venda de 36 caças para a Aeronáutica.

O presidente da Investe São Paulo, agência do governo do Estado, Luciano Almeida, avaliou que a empresa encara o país como estratégico. "A Boeing começa a primeira etapa de um projeto que ela acredita muito. Ela fez um estudo e acha que o Brasil no próximos anos deve ficar entre os quatro maiores mercados".

O vice-presidente de engenharia e tecnologia da Embraer, Mauro Kern, ressalta que a aviação mundial cresce a números exorbitantes. Kern disse que a indústria tem que levar em conta sustentabilidade e o cuidado com o meio ambiente.

As escolas técnicas de São Paulo poderão ganhar cursos de formação de piloto. A Boeing também está interessada em brigar pelo fornecimento dos caças para o governo federal.