Notícia

G1

BNDES destina R$ 27 mi a uma parceria com a Embraer

Publicado em 02 março 2009

Da Agência Estado

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) destinou R$ 27,6 milhões do Fundo de Tecnologia (Funtec) para a construção e instalação de laboratório de pesquisa e estruturas leves, que será instalado em São José dos Campos (SP), em parceria com a Embraer e órgãos públicos de apoio à ciência e tecnologia. Os recursos do banco correspondem a 30,5% do custo total do laboratório, de R$ 90,5 milhões.

O laboratório será focado em projetos de inovação, que podem ter aplicação para a indústria aeroespacial, principalmente para a Embraer, que é chamada de "empresa-âncora" dos projetos iniciais e cuja sede fica no mesmo município. Inicialmente, está previsto o desenvolvimento de quatro projetos de pesquisa científica para o setor aeronáutico, em um período de três anos. "O setor aeronáutico e seus desafios tecnológicos são considerados prioritários e estratégicos pelo BNDES e pelo Governo Federal e foram incluídos na nova fase da política industrial brasileira", diz texto do banco.

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, assinou o contrato hoje em cerimônia que ocorreu no Parque Tecnológico de São José dos Campos, local onde será instalado o laboratório. Segundo nota do BNDES, Coutinho destacou a "importância estratégica do laboratório" e citou que os projetos do laboratório podem ter aplicação também para outros setores, como a exploração de petróleo em águas profundas.

Segundo a nota do banco, os efeitos positivos das novas tecnologias devem atingir também os setores automotivo, de autopeças, indústria naval, de defesa, de geração e transporte de energia elétrica, de construção civil e de bens de capital.

Formalmente, os recursos do BNDES, não reembolsáveis, serão destinados ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT) e à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Além de Embraer e BNDES, também arcam com os custos a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), o governo do Estado de São Paulo, Fapesp e IPT. A Prefeitura de São José dos Campos também participa.

Coutinho visitou também as instalações da Vale Soluções em Energia - VSE, que é uma parceria entre o BNDES e a Vale, que também fica no Parque Tecnológico de São José dos Campos. A VSE está desenvolvendo motores de grande eficiência energética.