Notícia

DCI

BIOTECNOLOGIA - Revista eletrônica Neotropica é lançada hoje em São Paulo

Publicado em 19 abril 2002

A comunidade científica mundial poderá ter acesso agora aos resultados das pesquisas sobre a biodiversidade e recursos naturais brasileiros e latino americanos por meio da internet. Será lançada hoje a revista eletrônica BIOTA Neotropica e a nova página www.biota.org.br. Segundo o pesquisador Carlos Joly, coordenador do projeto, o objetivo 6 incentivar o debate entre a comunidade acadêmica de diferentes países para enriquecer o conhecimento e promover novas linhas de estudo. Além disso, será lançado em junho, na Semana do Meio Ambiente, um sistema de informação ambiental, que permite visualizar a distribuição espacial das espécies do estado, a fim de criar novas unidades de conservação ou mecanismos para garantir a preservação das espécies ameaçadas de extinção. Criado em 1999, o BIOTA-FAPESP reúne cerca de 450 pesquisadores de todas as universidades públicas do País, além de ONGs e a Embrapa. Já existem 32 projetos em andamento com o objetivo de mapear a biodiversidade e os recursos naturais do Estado de São Paulo. De acordo com Joly, o programa BIOTA, desde sua criação, consumiu investimentos da Fapesp de R$ 10 milhões, além de R$ 3,5 milhões, em bolsa - auxílio. Para Joly, uma das principais finalidades do programa BIOTA é conhecer cada vez melhor a biodiversidade brasileira para desenvolver novos produtos, que possam ser utilizados pelas indústrias, como a farmacêutica. Com isso, será possível criar um fundo alimentado por royalties que possam ser aplicados na conservação da natureza. "O Estado de São Paulo já destruiu 90% da Mata Atlântica original. A única região mais preservada é a sul no Vale do Ribeira". Segundo Joly, já existem conversas avançadas com a indústria para desenvolvimento de novos medicamentos e produtos. Panorama Brasil