Notícia

Agregario

BIOTA-FAPESP anuncia novas ações para 2013

Publicado em 27 novembro 2012

Por Maxpress

O Programa BIOTA-FAPESP, de pesquisas sobre a biodiversidade, anuncia em 28/11, a partir das 10h, em cerimônia na sede da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, ações para 2013 nas áreas de informação ambiental, educação e difusão de informação científica para a sociedade. No mesmo encontro serão apresentadas as versões atualizadas do Sistema de Informações Ambientais (SinBIOTA 2.0) e do Portal do Programa, o Ciclo de Conferências BIOTA Educação, e as próximas etapas de trabalho da revista científica criada pelo Programa, a BIOTA Neotropica, editada desde 2001 e indexada na Web of Science.

Na área de Educação, o Biota-FAPESP irá realizar um ciclo de conferências para professores e alunos do Ensino Médio entre fevereiro e novembro de 2013. O tema da primeira conferência será “Biodiversidade conceito, valores e ameaças” e os encontros seguintes irão tratar de cada um dos biomas brasileiros Pampa, Pantanal, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Amazônia. Os dois últimos encontros do ano irão abordar ecossistemas marinhos e costeiros e a biodiversidade de sistemas antrópicos urbanos e rurais. Cada conferência terá a participação de três especialistas e, ao final do Ciclo, será produzido material didático que ficará disponível para professores e alunos no portal do Programa: www.biota.org.br.

O anúncio de novas medidas inclui a descrição da versão atualizada do SinBiota, sistema de registro das coordenadas geográficas dos locais de coleta e dados sobre a observação das espécies no Estado de São Paulo obtidas por pesquisadores do BIOTA-FAPESP. Financiado parcialmente com recursos do Acordo FAPESP-Microsoft Research, firmado em 2006, o projeto para criação de novas especificações para o Sistema permite a expansão prevista para os próximos 10 anos de pesquisas no Programa. O chamado Sinbiota 2.0 poderá ser integrado a bases internacionais e terá capacidade de estabelecer a distribuição de espécies e modelagem de nichos ecológicos, e para expandir a base cartográfica com registros das espécies. Outros avanços são recursos para operação remota do Sistema, que permitirá o registro de dados observados em trabalho de campo por meio de dispositivos móveis, e a portabilidade, que torna possível sua utilização por pesquisadores de outros estados, regiões ou países que desejem iniciar projetos semelhantes, integráveis ao BIOTA-FAPESP.

Sobre o Biota-FAPESP

Apoiado há 13 anos pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, o BIOTA faz o inventário e a caracterização da biodiversidade no Estado, define mecanismos para seu uso sustentável e produz informações que têm subsidiado legislação sobre conservação ambiental no Estado. Com a participação de aproximadamente 1.200 cientistas ligados a instituições de pesquisa de São Paulo, de outros estados e do exterior, os projetos do Programa geraram até aqui informações sobre mais de 12 mil espécies e catalogaram outras 1800 previamente desconhecidas.

Anúncio de novas ações do BIOTA-FAPESP para 2013

Onde: FAPESP, Rua Pio XI, 1500, Alto da Lapa, São Paulo

Quando: 28/11/2012, das 10h às 12h30

Programação e outras informações: http://www.fapesp.br/7346

Maxpress