Notícia

Cruzeiro do Sul online

Biólogo Crodowaldo Pavan morre aos 89 anos

Publicado em 04 abril 2009

O biólogo e geneticista brasileiro Crodowaldo Pavan morreu no início da tarde de ontem, aos 89 anos, no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. O cientista, que se tratava de um câncer de próstata, foi internado no Hospital Universitário na semana passada com problemas cardíacos, segundo informa o médico cardiologista Maurício Secler.

Professor emérito da USP, Pavan presidiu entidades de pesquisa como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Também foi professor titular de genética, com vitaliciedade, na Universidade do Texas em Austin, entre 1968 a 1975.