Notícia

Jornal do Café online

Biodiversidade é tema da 22ª edição do Prêmio Jovem Cientista

Publicado em 18 maio 2006

Por Agência FAPESP

As inscrições para a 22ª edição do Prêmio Jovem Cientista estão abertas até 29 de setembro. Com mais de R$ 150 mil em prêmios, o tema este ano é "Gestão sustentável da biodiversidade: desafio do milênio". A iniciativa é uma parceria do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) com a Eletrobras, Gerdau e Fundação Roberto Marinho.


Segundo o CNPq, pode concorrer ao prêmio quem desenvolve alguma linha de pesquisa relacionada com o tema principal em questões como: monitoramento, prevenção e mitigação de impactos sobre a biodiversidade; mecanismos e tecnologias de recuperação ambiental; fontes alternativas de energia; tratamento de resíduos; créditos de carbono; reúso de água; reciclagem de nutrientes, materiais e lixo.


Podem participar do Prêmio Jovem Cientista estudantes e pesquisadores de todo o Brasil. Na categoria Graduado concorrem os candidatos que concluíram o curso de graduação ou que se encontram cursando a pós-graduação e que tenham menos de 40 anos. O total de prêmios na categoria chega a R$ 45 mil, sendo que o 1º colocado pode ainda receber bolsa de mestrado, doutorado ou pós-doutorado.


Na categoria Estudante do Ensino Superior, é preciso estar freqüentando regularmente cursos de graduação e ter menos de 30 anos. Os prêmios totalizam R$ 25,5 mil e o primeiro colocado pode ainda receber uma bolsa do CNPq.


Alunos regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas de ensino médio ou escolas técnicas, e que tenham até 25 anos, concorrem na categoria Estudante do Ensino Médio. Os três primeiros colocados recebem microcomputadores e impressoras e podem receber bolsas de Iniciação Científica Júnior.


A categoria Mérito Institucional é um incentivo à instituição, universidade, centro de pesquisa, escola pública ou privada, ou ainda escola técnica que apresente o maior número de trabalhos com mérito científico. Nesta categoria serão premiadas com R$ 30 mil duas instituições, uma de ensino superior e outra de ensino médio.


Os orientadores de cada um dos seis pesquisadores serão contemplados com um microcomputador. Também será concedida Menção Honrosa a um pesquisador com o título de doutor, considerando sua qualificação, experiência, capacidade de formação de pesquisadores e produção científica na área relacionada com o tema do prêmio, além de R$ 15 mil e uma placa alusiva.
Mais informações e ficha de inscrição disponíveis no site: http://www.cnpq.br/sobrecnpq/premios/pjc/

Agência FAPESP