Notícia

Confap - Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa

Bingo se juntará a outros radiotelescópios famosos do mundo

Publicado em 12 julho 2021

Quando se fala em telescópio, o senso comum logo imagina um pesquisador olhando para as estrelas através de um instrumento enorme com lentes. Mas existem os radiotelescópios, através dos quais também se pesquisa o espaço, mas de outra maneira: captando ondas de rádio e as “traduzindo” em imagens. Esta semana foram apresentados detalhes sobre a instalação de um radiotelescópio no município de Aguiar-PB, o Bingo.

“O ponto principal é que a diferença de um radiotelescópio para um rádio de pilha, um rádio amador, um telefone celular, é a sensibilidade”, explica o astrofísico Carlos Wuensche, pesquisador da Divisão de Astrofísica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). “São essencialmente a mesma coisa, mas os radiotelescópios são mais sensíveis: muitos trilhões de vezes mais sensíveis. Eles pegam um sinal no espaço, e o que agente tem a fazer é decodificar esse sinal aqui na Terra”.

Único no Brasil, o radiotelescópio será fruto de um investimento de R$ 20 milhões, oriundo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e também do Governo do Estado da Paraíba, através da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (FapesqPB). Aguiar foi escolhida através de uma intensa pesquisa que varreu o território brasileiro do sul para o norte, desde o norte do Uruguai. Mas o que Aguiar tem de especial para ser escolhida?

“É o que não tem”, conta o astrofísico. “Não tem poluição de ondas de rádio, celular, links de rádio, gente em volta que usa wi-fi”. Ele conta que, quanto mais distante da civilização, menos problemas desse tipo vão aparecer, já que o Bingo tem a ambição de captar ondas de rádio muito remotas no espaço. “A gente andou uns 3 mil quilômetros em linha reta até chegar em Aguiar”, diz.

O local escolhido, então, foi a Serra da Catarina, na zona rural do município. “Quando a gente foi à Paraíba, um dos professore da Universidade Federal de Campina Grande fez um levantamento das áreas e da posição das repetidoras de telefonia celular”, conta Wuensche. “Então sabíamos os lugares que não eram contemplados pelas antenas”. Quando chegaram à serra, os pesquisadores se surpreenderam com a ausência de sinal: acharam até que seus instrumentos podiam ter quebrado. “A antena mais próxima fica a uns 20 quilômetros, e não fica na linha de visada”, conta. “Foi um susto, no bom sentido”.

A antena parabólica de espelhos do Bingo, do tamanho de um campo de futebol, não vai se mover: estará apontada para um ponto fixo no céu. O que vai se mover é o próprio céu. “O céu gira. E ele basicamente deixa o céu passar na frente”, explica o astrofísico. “O Bingo vai poder observa 1/8 de toda esfera celeste em 24 horas”.

Outro elemento da instalação são as cornetas. O objeto, de 4,30 metros de comprimento por 1,90 metro de boca, recebe esse nome por causa de sua forma, que lembra o instrumento musical. “Serão 28 cornetas, que vão ficar numa espécie de engradado de cervejas”, diz. Em Campina Grande, há um protótipo já instalado, na UFCG. A montagem do receptor e dos testes é toda do Inpe, mas a ideia é que, no futuro, a universidade seja capaz de fazer ela mesma a manutenção do equipamento.

O acesso ao vale cercado pela serra, onde vai funcionar o radiotelescópio, não é fácil. Há um caminho, por causa de um açude próximo, mas uma estrada precisará ser aberta para permitir o acesso dos caminhões com os equipamentos. “A ideia é que a própria serra seja uma proteção e evite os sinais de rádio”, afirma o astrofísico.

O Bingo vai fazer parte de um grupo de equipamentos de pesquisa do espaço que é visualmente impactante. Alguns exemplos se tornaram ícones culturais, fazendo parte da história da astronomia e aparecendo até no cinema. “Alguns são até pontos de visita”, conta ele. Conheça aqui alguns deles.

Arecibo

O radiotelescópio localizado na cratera de um vulcão extinto em Porto Rico foi até 2016 o maior do mundo, com sua antena parabólica medindo 305 metros de diâmetro (foi superado por uma estrutura chinesa, com cerca de 500 metros de diâmetro). Estudava a ionosfera, galáxias, a astronomia dos pulsares. Através dele, descobrimos os primeiros planetas orbitando estrelas que não o Sol.

E até procurava sinais de vida extraterrestres. Em 1974, foi de lá que foi enviada uma mensagem a possíveis civilizações alienígenas com informações sobre o nosso planeta. Uma “mensagem na garrafa” espacial.

Inaugurado em 1963, deixou de funcionar em 2020, quando sua estrutura passou a ter problemas cujo conserto seria muito perigoso. “Ele colapsou. Mas fez boa ciência até ser desativado”, diz. Em dezembro, ele simplesmente desabou sobre a própria estrutura. “Ele era sustentado por cabos de aço que acabaram se rompendo”. Uma morte dramática.

O observatório foi cenário de filmes mais de uma vez. Foi o clímax da ação no filme “007 contra GoldenEye” (1995) e foi de lá que a personagem Jodie Foster busca vida alienígena na ficção científica “Contato” (1997).

Parkes

Na Austrália, o radiotelescópio Csiro Parkes possui 64 metros de diâmetro e foi concluído em 1961. “Ele foi estratégico para o programa Apollo”, conta o astrofísico, referindo-se ao programa espacial americano cujo objetivo era levar astronautas à Lua.

Os americanos não conseguiam ter o tempo todo, de seu próprio país, o sinal vindo do nosso satélite natural: o Parkes recebia esse sinal e o retransmitia. O radiotelescópio foi fundamental para, inclusive, receber o sinal da transmissão de TV desde a Lua, quando a Apollo 11 chegou lá, e transmiti-lo para todo o mundo. A história do observatório com a missão Apollo rendeu um filme: “A Antena” (2000), produção australiana. O título original é “The Dish” (“o prato”), como este radiotelescópio é conhecido por lá.

Alma

Localizado no deserto do Atacama, no Chile. Aqui, o diferencial não é o tamanho, mas a quantidade. “Parece uma plantação de antenas”, diz. “São 66 antenas descobrindo formações planetárias fora do sistema solar. Detectaram um aminoácido no espaço”.

Alma é a sigla para Atacama Large Millimeter/submillimeter Array, capaz de captar radiação milimétrica ou submilimétrica. O local escolhido é uma das regiões mais secas da Terra e se tornou até um ponto do turístico: visitas podem ser agendadas.

Saiba mais sobre o Radiotelescópio Bingo em: bingotelescope.org

Fonte: FAPESQ (Por Renato Félix/Assessoria de Comunicação Seect-Fapesq, com acréscimos)

 

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Folha de S. Paulo Folha.com CNN (Brasil) Jornal de Piracicaba IstoÉ online Estado de Minas online Diário do Grande ABC online IstoÉ Dinheiro online Portal R7 BOL Correio Braziliense online UOL O Estado de S. Paulo UOL Estadão.com Diário do Grande ABC online O Globo online Blog Hermes de Luna Rádio Uau Rádio Uau Notícias ao Minuto Notícias ao Minuto (Portugal) Bem Paraná online Folha Vitória online Redação MT Planeta 1 JorNews FAPESQ - Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba Guarulhosweb Gazeta de Sorocaba Élle News Diário do Mucuri Notícias PB Titulares.ar (Argentina) Amazônia Agora Folha do Araçá Expresso PB online Rede BCN Giro Curimataú Inova PB Portal Se Liga Pilões-PB Radar PB Valor Agregado Portal Correio Blog do Patricio Nunes Curitiba I&T Portal Alta Notícias Sheilla Martins Blog Ver-o-Fato Ultra Combo Pequi FM 87,5 Rádio Liberdade FM 87,9 Rádio Cidade Nova FM 104,9 Portal dos Fatos Correio Popular (Campinas, SP) online Folha de Valinhos online Repórter Diário O Liberal (Americana, SP) online Imbaú FM 87,9 Aqui Notícias online Barulho Curitiba Diário de Cuiabá online FasterNet Correio do Papagaio online Jornal de Itatiba online Leia Já Meon Rádio Nova Onda FM 87,9 Portal do Holanda Press From Brasil (EUA) Rádio Cultura FM 101,7 The World News (Ucrânia/Brasil) TN Online Vitória News HiperNotícias Portal GMC Online Rede Agora de Notícias Jornal do Oeste (Toledo, PR) online O Norte de Goiás Diário do Sudoeste (Pato Branco, PR) online CGN Rádio Sat Peruíbe FM 87,9 Dinheiro Rural online A Crítica (MS) online Correio Popular (Campinas, SP) online Zero Hora online Terra MSN Folha Vip de Cajazeiras CPG - Click Petróleo e Gás Danpnobre Cofemac Notícias do Dia Portal Conceição Verdade Brand News GCMais Giro MT Paraíba RádioBlog Jornal Dia Dia Jornal Alerta Blog do Patricio Nunes Revista Empreende online Canaltech Diário da Cidade Canaltech Blog do Márcio Rangel